InícioCalendárioFAQEquipe do FórumAfiliadosBuscaBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se


O Fórum White Umbrella foi fechado. Nossos conteúdos agora estão disponíveis em nosso blog, http://whiteumbrellafiles.wordpress.com/. Visite-nos!



Compartilhe | 
 

 Resident Evil Archives

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Davi Redfield
avatar

Administrador

Administrador

Título : Insanamente Estranho

Sexo : Masculino
Registrado em : 15/04/2010
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Resident Evil Archives   Qui Dez 23, 2010 9:26 am

Resident Evil Archives é um guia sobre os principais jogos da série, lançado no dia 9 de Novembro de 2005 pela Brady Games.

Este artigo está sujeito à alterações, revisões e correções.

Criaturas
Citação :
Zumbis

(Zumbis aparecem em: Resident Evil 0, Resident Evil, Resident Evil 2, Resident Evil 3: Nemesis, e Resident Evil: Code Veronica X)
Zumbis já foram humanos, mas foram infectados e consequentemente ressucitados pelo T-Vírus. O vírus muito provavelmente foi transmitido para eles através de uma fonte de água infectada ou contato com ratos infectados. Quando eles entraram em contato com o vírus, eles subitamente sofreram mutação e começaram a apodrecer. Por causa de sua aparência grotesca, eles são chamados de mortos-vivos ou zumbis. Sua inteligência se deteriora muito e isso é acompanhado pelo apodrecimento de seu tecido muscular. O sangue também se coagula por toda a pele. Todas as funções, com excessão do sistema nervoso autônomo são completamente interrompidas, resultando em uma inabilidade para sentir dor. A vitalidade anormalmente alta de um zumbi é resultado de seu incrível metabolismo (isso também é a causa da sensação de coceira relatada logo antes da morte). Uma fome extrema parece impulsioná-los a vagar em busca de carne humana, que fornece a eles uma enorme quantidade de energia necessária para manter seu alto metabolismo. Para conseguir absorver a carne humana ingerida de forma eficiente, o estômago estoca líquidos digestivos altamente ácidos. Existem casos documentados de zumbis vomitando essa substância ácida em vítimas humanas.

Um zumbi não é detido por dano inconsequente, e irá continuar sua procura por comida mesmo sem vários membros ou quando tiver perdido a parte inferior de seu corpo. Porém, a cabeça é uma exceção. O zumbi irá morrer se sua cabeça for destruída. Além disso, sem uma fonte apropriada de alimento (carne humana), ele irá se tornar incapaz de se mover. Isso resulta no zumbi se alimentando de outros zumbis. Em outras palavras, zumbis finalmente recorrem ao “canibalismo” e começam a se alimentar uns dos outros.

Originalmente, os únicos zumbis a existirem foram resultado de experimentos, mas devido ao desastre biológico na instalação de pesquisa abaixo de Raccoon City, o número de infectados cresceu astronomicamente. O pior cenário se tornou realidade quando os cidadãos de Raccoon City foram transformados em mortos-vivos. Essas estranhas formas de “vida” se tornariam o foco de uma investigação conduzida pela força de vigilância secreta U.B.C.S..

Zumbis retém muitas das características físicas dos humanos que eles foram anteriormente. É fácil imaginar que tipo de pessoa um zumbi era antes de se tornar infectado, especialmente aqueles que trabalhavam em um emprego com uniforme (oficiais de polícia, empregados de fábrica, etc.).

Coisas a Considerar a Respeito das Mutações dos Zumbis
Ocasionalmente durante o jogo, zumbis que rastejam pelo chão são encontrados. Eu decidi me referir a eles separadamente como zumbis rastejantes. Isso indica que o tecido de seus músculos se deteriorou até o ponto onde eles não podem mais ficar em pé. Porém, eles se comportam exatamente como os zumbis com membros faltando, então nós podemos classificá-los juntos. Você pode achar que essas criaturas são inofensivas, mas eles ainda tentam rastejar até você e morder suas pernas. O melhor é ter cautela e se aproximar deles cuidadosamente.

Além deles, existem os zumbis deitados. Devido à falta de energia, zumbis deitados estão à beira da morte. Eles não podem te perseguir, então há poucos motivos para se alarmar, mas eles irão morder se você chegar muito perto. Você deve ter cuidado mais com os zumbis que se fingem de mortos. Esses são criaturas mais perigosas que fingem estar mortas até que um humano chegue perto o suficiente.

Variações dos Zumbis
Policial zumbi
Esses zumbis uniformizados eram oficiais do Departamento de Polícia de Raccoon City. Seu número é grande por que mesmo os oficiais que estavam fora de serviço foram mobilizados para reprimir as revoltas causadas pela doença canibal. Acredita-se que eles estavam usando uniformes de verão. (RE2, RE3)

Mulher zumbi
Como o nome indica, esse é um termo geral para todas as mulheres zumbi. Devido à roupa reveladora usada no verão, as várias mordidas por todo seu corpo são visíveis. (RE2, RE3)

Zumbi do cemitério
Declarados mortos depois de serem infectados pelo T-Vírus, esses zumbis sofreram mutação depois de serem enterrados. (RE, RE: CV)

Prisioneiro zumbi
Esses zumbis eram prisioneiros confinados na Ilha Rockfort. A cabeça raspada é sua característica distintiva. (RE: CV)

Pesquisador zumbi
Esses zumbis foram infectados com o T-Vírus quando trabalhavam na mansão e no laboratório de pesquisa. Existem muitos desses zumbis, indicando quantas pessoas trabalhavam nessas instalações. (RE)

Cidadão zumbi
Os cidadãos de Raccoon City foram infectados pelo T-Vírus através da transmissão feita por ratos. Esse tipo de zumbi inclui pessoas de fora de Raccoon City também, uma vez que muitos deles estavam na cidade para assistir a um jogo de futebol quando a infecção se iniciou. (RE2, RE3)

Edward zumbi
Um membro da Equipe Bravo enviado para investigar a zona da Floresta de Raccoon, Edward Dewey foi atacado por monstros e transformado em um zumbi. (RE0)

Forest zumbi
Encarregado dos equipamentos da Equipe Bravo do S.T.A.R.S., Forest Speyer foi morto e se transformou em um zumbi durante o Incidente da Mansão. (RE)

Zumbi-bomba
Eles são essencialmente o mesmo que o Forest zumbi. Porém, eles carregam várias granadas. (RE)

Zumbi nu
Encontrado no laboratório de pesquisa de Arklay, especula-se que esses zumbis fossem cobaias em experimentos com o T-Vírus. (RE)

Zumbi melhorado
Esses zumbis podem ser encontrados vagando principalmente no laboratório de pesquisa subterrâneo de Raccoon City. Eles são produtos do teste e desenvolvimento de armas, e por isso são muito mais fortes do que outros zumbis. (RE2, RE3)

Recruta zumbi
Antes de serem transformados em zumbis, essas pessoas eram recrutas das forças especiais da Umbrella. Como resultado do treinamento, seu tecido muscular não foi degradado tão rápido quanto o de outros tipos de zumbis, e eles podem aguentar mais danos. Alguns deles deixam cair armas. (RE: CV)

Operário zumbi
Zumbis desse tipo são comumente encontrados na Ilha Rockfort e na base Antártica. Acredita-se que eles eram operários encarregados da separação e estoque de cargas. Dependendo do local, a cor de seu uniforme varia. (RE: CV)

Guarda zumbi
Esses zumbis são encontrados nas instalações de treinamento da Ilha Rockfort e na base Antártica. Eles possuem coldres em seus quadris, mas são incapazes de usar armas de fogo. (RE: CV)

Subordinado de Wesker zumbi
Esses zumbis eram membros de uma misteriosa unidade de forças especiais liderada por Wesker. Alguns deles possuem dinamite amarrada em si, então eles também são classificados separadamente como Zumbis-bomba, da mesma forma que o Forest zumbi. (RE: CV)

Zumbi parasita
Esses zumbis vagam com uma larva parasita depositada por mariposas conectada à seus abdômens. Sua aparência é idêntica à dos operários zumbis encontrados no laboratório de pesquisa da Antártica, mas a larva irá se desconectar deles quando um humano se aproximar. (RE: CV)

Doutor zumbi
Esse zumbi anteriormente trabalhava na ala médica da prisão, realizando autópsias. Ele é consideravelmente mais rápido do que a maioria dos outros tipos de zumbi, e é tão resistente que seus membros não podem ser decepados. (RE: CV)

Pai zumbi
Essa criatura é resultado de um experimento fracassado que consistia em unir o pai de Steve Burnside ao vírus T-Veronica. Assim como qualquer outro zumbi, ele tem uma inteligência muito baixa e irá atacar até mesmo seu próprio filho. (RE: CV)

Citação :
Crimson Head/Crimson Head Protótipo 1

(Aparece em: Resident Evil)
Há várias mutações do T-Vírus. Essas mutações são conhecidas por induzir comportamentos incomuns nos indivíduos infectados. O Crimson Head é um desses indivíduos. Sua mutação súbita traz consigo uma ferocidade que ultrapassa aquela de um zumbi comum.

Para que um zumbi se torne um Crimson Head, ele deve ser incapacitado por alguma causa externa. Eventualmente, o processo chamado V-ACT irá ocorrer. Mais tarde, o tecido do corpo da criatura é reconstruído em um nível celular, e ela retoma atividade. Sua sede de sangue ampliada faz com que o Crimson Head se mova mais rápido e até mesmo pule sobre suas vítimas. Ele também possui garras longas e afiadas que não possuía em sua forma de zumbi. Elas representam uma ameaça para zumbis que impeçam seu caminho para uma presa humana.

Só o corpo vermelho do Crimson Head já é o suficiente para justificar a distinção entre essa criatura e um zumbi. O processo V-ACT foi descoberto com o aparecimento de um único zumbi. Essa criatura recebeu o nome de Crimson Head Protótipo 1, também conhecida simplesmente como o super zumbi.

Crimson Heads foram criados ao cultivar a mutação do T-Vírus exibida por esse zumbi protótipo. O protótipo original possuía vitalidade e poder de ataque extremamente altos, e era agressivo o suficiente para instantaneamente dilacerar qualquer humano nas proximidades. Isso levou os cientistas a prosseguir sua pesquisa nesse valioso protótipo. O espécime foi congelado e a pesquisa progrediu em segurança. Porém, devido às mortes dos pesquisadores do laboratório de Arklay no desastre biológico, a pesquisa com o Crimson Head Protótipo 1 foi suspensa. Atualmente, o espécime está contido em um sarcófago abaixo do cemitério que fica atrás do hall principal da mansão. Ele é extremamente perigoso, e um complexo mecanismo (4 máscaras da morte) foi implantado para trancar a criatura.

Crimson Head
Um zumbi se tornará um Crimson Head quando revivido através do processo V-ACT. A menos que seu corpo seja incinerado, essa transformação não pode ser impedida.

Crimson Head Protótipo 1
O Protótipo 1 é ainda mais violento e poderoso do que o Crimson Head comum. Como ele é um espécime extremamente valioso, ele foi trancado abaixo do cemitério no interior do laboratório de pesquisa Arklay.

Citação :
Eliminator

(Aparece em: Resident Evil 0)
O Eliminator é uma arma biológica criada pelo Dr. James Marcus a partir de um grande macaco. O primata é altamente inteligente, e capaz de executar comandos. Pouca destruição das células cerebrais é vista neste indivíduo. Essa é a grande diferença em relação às cobaias humanas infectadas com o vírus, indicando que o seu metabolismo está trabalhando efetivamente. Em resposta ao vírus, o tecido muscular dos Eliminators é fortalecido e rasga sua pele, contribuindo para sua agilidade e resistência ampliadas. Quando ele detecta uma presa, a fome o leva a pular e atacar violentamente com sua incrível velocidade.

O Eliminator pode ser considerado um experimento de sucesso. Porém, ele não será produzido em massa. Primatas, capazes de entender apenas comandos básicos, não são equipados para batalha. Todos os experimentos daqui para frente devem ser conduzidos usando cobaias de teste humanas como base para B.O.W..

Citação :
Cerberus/Cão Zumbi

(Aparece em: Resident Evil 0, Resident Evil, Resident Evil 2, Resident Evil 3: Nemesis, Resident Evil: Code Veronica X)
Como tanto o Cerberus quanto o Cão Zumbi foram criados a partir da mesma espécie de Doberman, é difícil dizer qual é qual. Porém, existem diferenças distintas em como eles se tornaram o que são.

Em primeiro lugar, o Cerberus é uma B.O.W. criada ao administrar o T-Vírus em um grande Doberman usado pelos militares. Essa criatura, que recebeu dos pesquisadores o codenome MA-39, é extremamente violenta. Em resposta ao vírus, sua pele está bastante apodrecida, apesar de sua velocidade, distância de salto, durabilidade e agressividade serem consideravelmente ampliadas. Eles retêm a dinâmica de grupo de sua espécie e tem a habilidade de atacar um único alvo em grupos. Cerberus é um produto barato mas efetivo que atinge de forma satisfatória os requerimentos para uma B.O.W.. Ele é um dos experimentos com o T-Vírus bem sucedidos da Umbrella.

O Cão Zumbi, por outro lado, não foi criado como uma B.O.W.. Na verdade, essa criatura nasceu acidentalmente. Durante a infecção pelo T-Vírus, esse Doberman consumiu comida contaminada e consequentemente sofreu mutação. Os resultados dessa mutação são similares, com nenhuma diferença notável no poder de ataque. O primeiro exemplo de Cães Zumbi foram os cães da polícia usados pelo Departamento de Polícia de Raccoon City. Esses cães tiveram treinamento para serem mais efetivos na prisão de criminosos. Por isso, seu poder de ataque após a infecção é extremamente alto, e eles retêm sua habilidade de cercar um alvo.

Além deles, os Cães Zumbi encontrado nas Instalações de Treinamento de Forças Especiais na Ilha Rockfort e na base Antártica foram criados por exposição acidental ao vírus. A força física que eles adquiriram em suas vidas de cães militares é ampliada ainda mais pelo vírus, que dá à eles um poder físico similar àquele do Cerberus.

Cerberus das Montanhas Arklay
Os Cerberus encontrado pelos S.T.A.R.S. na área ao redor do laboratório de pesquisa de Arklay foram soltos para adquirir dados de combate. Sua agilidade e ferocidade permitiram a eles matarem, até mesmo, a elite experiente em batalha num instante. (RE 0, RE)

Cão Zumbi de Raccoon City
Originalmente um cão policial pertencente ao Departamento de Polícia de Raccoon City, essa criatura consumiu comida contaminada pelo T-Vírus. Ele ataca selvagemente seres humanos devido à sua fome incontrolável. (RE2, RE3)

Cão Zumbi da Ilha Rockfort
Esses Dobermans, criados e treinados para se tornarem tanto cães militares quanto policiais, foram infectados durante o acidente viral. Suas peles mostram sinais de apodrecimento, mas a degradação do tecido muscular é virtualmente inexistente. (RE: CV)

Citação :
Morcego Infectado/Morcego

(Aparece em: Resident Evil 0, Resident Evil: Code Veronica X)
O Morcego Infectado é uma criatura que mostra mutações distintas das de outros morcegos. É um exemplo primário do T-Vírus o aumento de tamanho de um mamífero altamente compatível. Seu extraordinário físico desenvolvido pode chegar a 3 metros e seu tecido muscular ampliado permite a ele carregar um ser humano com facilidade. O Morcego Infectado irá atacar pessoas como resultado de sua dieta alterada, a qual consiste principalmente em carne. Para capturar sua presa, ele chama amigos para ajudar com ondas sonoras. Suas características físicas não são muito diferentes de outros morcegos no grupo. Porém, devido à sua agressividade ampliada, ele tem uma tendência a avançar sobre humanos quando os detecta.
Os morcegos encontrados na Ilha Rockfort foram infectados acidentalmente pelo T-vírus durante a contaminação, e tem uma detecção do som melhorada. Eles se alimentam de humanos ao seguir os sons de seus passos, e então enfiam suas presas afiadas na pele dos humanos para se alimentar de seu sangue.

Mocego Infectado

Essa criatura é disntinguida facilmente por causa de seu tamanho enorme. Porém, só foi documentado um único espécime desse tipo. Outros indivíduos não exibiram mudanças além de seu comportamento agressivo ampliado. (RE 0)

Morcego

Esse grupo de morcegos se une ao Morcego Infectado. Eles não exibem nenhuma característica memorável além de sua persistência. Como eles são noturnos, até mesmo a chama de um isqueiro pode detê-los. (RE CV)

Citação :
Chimera

(Aparece em: Resident Evil)
Essa B.O.W. foi produzida ao combinar os genes de um humano com os genes de uma mosca. Devido às propriedades únicas do T-Vírus introduzido, os dois se combinaram de forma magnífica. A forma híbrida resultante lembra a da quimera da mitologia Grega.

As óbvias características de mosca dão à essa B.O.W. uma aparência grotesca que é conhecida por causar grave dano psicológico àqueles que a vêem. Várias larvas saem de sua cavidade corporal, e ela cerca sua presa humana emitindo um desconcertante ruído que muitas vezes a confunde e provoca medo. A Chimera é extremamente agressiva, mas ela tem a inteligência de uma mosca, limitando-a a padrões de ataques definidos. Ela faz seus ninhos em lugares estreitos, incluindo dutos de ar, onde ela repousa esperando por sua presa. Quando esta se aproxima, ela ataca violentamente com suas garras afiadas.

Citação :
Lisa Trevor

(Aparece em: Resident Evil)
Depois de ser usada para experimentos com vírus no laboratório de pesquisa Arklay por mais de 20 anos, essa garota perdeu todas as lembranças de quem ela era antes. Agora ela foi transformada em uma visão trágica, com um corpo invulnerável. Além disso, o parasita protótipo para o plano Nemesis foi transplantado para ela, exibindo resultados que superaram todas as expectativas. Isso logo levou a descoberta de um novo tipo de vírus: o G-vírus.

O vírus teste foi desenvolvido depois e administrado continuamente em Lisa. Ela começou a atacar pesquisadoras do sexo feminino, aparentemente em busca do rosto de sua mãe. Sua mãe havia sido utilizada como uma cobaia de testes anteriormente, mas tinha morrido. Durante esses ataques, Lisa arrancava a pele do rosto de suas vítimas e colocava sobre seu próprio rosto.

A Umbrella decidiu se livrar de Lisa no laboratório de pesquisa Arklay. Depois de anos sendo cobaia de experimentos, Lisa foi sentenciada a morrer na escuridão.

Devido à sua fisiologia extremamente anormal, Lisa foi declarada morta só depois de três dias de monitoramento de seus sinais vitais. Porém, mesmo isso não foi o suficiente. Ela não estava morta. Do momento de sua eliminação até o encontro dela com os membro do S.T.A.R.S. perdidos na mansão, ela vagou pelos halls como se nada tivesse acontecido...

Citação :
Corvos

(Aparições: Resident Evil 0, Resident Evil, Resident Evil 2, Resident Evil 3: Nemesis)

Os corvos infectados apareceram quase que imediatamente após o T-virus ter sido liberado. Eles comeram carne podre que havia sido infectada pelo vírus, causando a infecção deles também. Corvos não infectados são naturalmente onívoros, comendo qualquer coisa desde insetos a plantas e animais. Era apenas questão de tempo até que o T-virus, que infecta qualquer coisa viva, chegasse até os corvos. Uma vez infectados, quando os corvos se tornam violentos e começam a atacar humanos o processo está completo.

Estes corvos infectados ainda mantêm suas características naturais. Por exemplo, eles grasnam para causar medo nas suas presas e andam em grupos. Em sua forma natural, corvos são extremamente sensíveis ao som, e qualquer barulho alto pode os espantar. Mas corvos infectados não se assustam nem com tiros disparados na sua frente. Basicamente, corvos raramente atacam se seu território não for perturbado, eles bicam seus alvos com seus bicos afiados com força e repetidamente.

Corvos habitam vários locais, desde florestas até cidades. Suas asas permitem que eles carreguem o vírus a grandes distâncias, fazendo deles um dos fatores principais na sua repentina e perigosa propagação.

Corvos de Arklay

Os corvos que vivem na Floresta de Raccoon foram infectados ao comerem carne morta e insetos que carregavam o vírus. Eles construíram vários territórios para si dentro na mansão. (RE O)

Corvos de Raccoon City

A diferença principal desses corvos para os de Arklay é sua escolha de habitat. Não há muitas diferenças entre eles, exceto talvez por sua agressão elevada. Eles se tornaram infectados da mesma forma, comendo corpos mortos de criaturas infectadas pelo vírus. (RE O)

Citação :
Vespas

Aparição: Resident Evil

Estas vespas sentiram os efeitos do T-virus e se tornaram enormes. Julgando pelas características normais de sua espécie, elas devem ter construído uma colméia em algum lugar no laboratório de Arklay e no dormitório para propagarem seus números. Os efeitos do T-virus parecem se diferenciarem em cada vespa, incluindo variações no seu tamanho, níveis diferentes de resistência, etc.

A característica principal de todas as vespas é um ferrão gigante cheio de veneno misturado com o T-virus. Seguindo seu instinto, uma vespa infectada voa em círculos ao redor de sua presa antes de usar seu ferrão no corpo dela. Isso ajuda a espalhar o vírus ainda mais. Criaturas aladas infectadas com o vírus podem espalhar o vírus por longas distâncias.

Citação :
Baratas Gigantes

Aparição: Resident Evil 2

Elas eram baratas normais que viviam nos esgotos até se tornarem infectadas com o T-virus e aumentarem 7-8 vezes de tamanho natural (40 centímetros). Aparentemente elas se tornaram infectadas ao comerem ratos que também foram infectados. Ao atacarem, eles tendem a morder as partes mais macias do corpo de sua presa. Para humanos, elas tendem ir direto para a artéria carótida. Para iludirem sua presa, elas se movem e atacam em grupos. A durabilidade natural das baratas foi aumentada pelo T-virus, e sua quantidade aumentou por causa disso.

Citação :
Formigas

Aparição: Resident Evil: Code Veronica X

Alexia Ashford usou essas formigas em seus experimentos com o T-Veronica Virus. Ela injetou o vírus nelas levando-as a aumentarem de tamanho e hostilidade. As formigas infectadas começaram a devorar todas as presas que podiam encontrar com suas pinças. Por terem sido mantidas guardadas por 15 anos, seus números aumentaram imensamente. Elas podem ser encontradas no porão da base da Antártica, tendo construído um formigueiro gigante para se abrigarem.

Citação :
Mariposa Gigante/Mariposa

Aparições: Resident Evil 2, Resident Evil: Code Veronica X

É comum pensar que não há diferença entre Mariposa e Mariposa Gigante, mas na verdade há várias diferenças entre sua ecologia natural e aparência. Mariposas Gigantes são produto de mariposas que foram usadas em experimentos nos laboratórios da Umbrella. Elas escaparam e se tornaram enormes por causa do T-virus. Por algum motivo, as asas das Mariposas Gigantes não cresceram em proporção com o resto de seu corpo, então elas só podem voar curtas distâncias.

Imagina-se que antes das Mariposas Gigantes chegarem ao seu tamanho atual, elas ajudaram a espalhar os efeitos do T-virus por algumas gerações diferentes. Isso levou ao aumento na quantidade de pó fosforoso que elas produzem e na sua toxidade. Suas larvas são chamadas de Mariposas Bebê, e mesmo em sua forma infantil, elas carregam uma quantidade considerável de pó ofensivo. Quando elas sentem que um humano está próximo, elas caem do teto e disparam um muco grudento de suas bocas para cobrir sua presa.

As Mariposas, por outro lado, eram mantidas na instalação da Antártida da Umbrella como outro tipo de cobaia. Como as Mariposa Gigantes, elas chegaram até o seu tamanho atual depois de serem infectadas pelo T-virus. Seu pó fosforoso também tem um alto nível de toxidade, mas diferente das Mariposas Gigantes, suas asas cresceram em perfeita proporção com o resto do seu corpo. Isso permite que as Mariposas voem ao redor de seu alvo quando quiserem, antes de atacarem espalhando seu pó venenoso ao redor do corpo da vítima. Suas larvas crescem como parasitas no corpo de organismos vivos, então elas estão constantemente procurando pelo perímetro de seus ninhos para encontrarem hospedeiros para seus ovos.

Mariposa Gigante

As características mais notáveis da Mariposa Gigante são suas asas desproporcionais e seu enorme e pulsante abdômen. Já que não podem voar muito longe, elas estão sempre arrastando suas enormes barrigas pelo chão. (RE2, RE CV)

Mariposa

Mariposas atacam espalhando grandes quantidades de pó venenoso pelo ar, que é fatal para qualquer presa que o inalar. Elas também perseguem suas presas agressivamente para tentarem botar seus ovos. (RE2, RE CV)

Mariposa Bebê

Larvas de Mariposa Gigante. Seus corpos têm aproximadamente 30 centímetrose e, são muito fracas. Porém, por serem tantas agrupadas em seus ninhos, a quantidade com que atacam suas presas não é nada a ser ignorado. Elas são atraídas por organismos de sangue quente. (RE2)

Citação :
Plague Crawler

Aparição: Resident Evil 0

B.O.W.s baseadas em insetos criadas ao injetar o T-virus em várias espécies e manipulando seus genes. Por terem sido desenvolvidos no início do programa, elas tiveram muito tempo para crescer. Algumas chegam a 2 metros de comprimento e têm enormes pinças mortais. Pela sua aparência, elas parecem ser perfeitas para causar morte e destruição. Porém, elas foram consideradas inaptas para combate pesado, então seu desenvolvimento foi parado e foi ordenada sua destruição. Por serem baseadas em insetos, elas não tinham a inteligência necessária para serem B.O.W.s de sucesso.

Citação :
Fiandeira de Teia/Tigre Negro/Aranha Gigante/Viúva Negra/Viúva Negra Gigante

Aparições: Resident Evil 0, Resident Evil, Resident Evil 2, Resident Evil 3: Nemesis, Resident Evil Code Veronica X

Aranhas, com sua habilidade de se adaptarem a quase qualquer ambiente, foram estudadas por anos com a intenção de transformá-las em B.O.W.s. Por esse motivo, houveram diversas criaturas criadas a partir de aranhas. Apesar de parecerem semelhantes, há várias diferenças entre elas que gostaríamos de mostrar aqui.

Primeiro nós temos a Fiandeira de Teia (Web Spinner), uma das primeiras B.O.W.s nascida dos experimentos com o T-virus. Ironicamente, as Fiandeiras de Teia se tornaram muito grandes para fiar teias e agora atacam suas presas diretamente com um forte líquido ácido que secretam. Esse tipo de aranha não é muito perigoso. Acredita-se que seja mais bem equipada para espalhar o T-virus mais longe do que poderia normalmente sem a ajuda de criaturas que podem andar por paredes e tetos.

Tigres Negros estavam entre as Fiandeira de Teia que deveriam ter sido exterminadas, mas por razões misteriosas, eles sofreram maiores mutações que aumentaram sua força e poder de ataque consideravelmente. Eles são quase o dobro do tamanho das Fiandeiras de Teia e seus corpos são mais escuros. E ainda mais, sua habilidade de tecer teias foi restaurada, permitindo que elas cacem e matem suas presas como uma aranha normal.

Agora que fica complicado. As Aranhas Gigantes são divididas em dois gêneros diferentes. Aquelas que foram acidentalmente expostas ao T-virus, e aquelas que eram experimentos desde o começo para se tornarem B.O.W.s e se tornaram gigantes por razões misteriosas. A primeira pode ser encontrada nas instalações da mansão e nos esgotos de Raccoon City e elas eram apenas aranhas normais que aumentaram de tamanho, com um aumento na sua toxidade também. A segunda pode ser encontrada na base da Antártida, e foram desenvolvidas a partir da extremamente venenosa Viúva Negra. Essa aranha era para ter sido enviada à uma das filiais da Umbrella, mas aparentemente ela escapou de sua cápsula de transporte e evoluiu para sobreviver às condições extremas da Antártida.

Variações de Aranhas

Aranha Gigante

O resultado de administrar o T-virus em uma raça de aranha de puro sangue. Essas aranhas foram usadas para provar os efeitos de crescimento do vírus. Elas usam sua mobilidade melhorada e projetam veneno pegar suas presas. (RE 0)

Fiandeira de Teia

Uma nova B.O.W. que foi desenvolvida depois de serem estudados os efeitos de crescimento em aranhas normais acidentalmente infectadas com o vírus. Essas aranhas foram especialmente notadas por sua habilidade de espalhar o vírus mais facilmente graças a sua mobilidade. (RE)

Viúva Negra e Viúva Negra Gigante

Viúvas Negras são aranhas que foram especialmente desenvolvidas e treinadas como B.O.W.s antes de serem mandadas para Rockfort Island. Na verdade, essas aranhas deveriam ter sido mandadas para todas as filiais da Umbrella, mas uma delas escapou e se tornou a Aranha Gigante que habita a base da Antártida. Quando o abdômen dessa aranha é destruído, ela libera várias Aranhas Pequenas para continuarem seu trabalho. Sua característica principal é a falta de pêlos em seu corpo. (RE CV)

Tigre Negro

Uma repentina e inesperada variação da Fiandeira de Teia que pode atirar sua teia para capturar sua presa. Ele contém uma grande quantidade de veneno em seu abdômen. Ele captura sua presa prendendo-a em sua teia coberta de veneno e atirando veneno em todas as direções ao receber dano. (RE)

Aranha Gigante (Raccoon City)

Essas Aranhas Gigantes nasceram do desastre que atacou Raccoon City. Imagina-se que elas foram criadas quando o T-virus foi levado para os esgotos em que viviam. (RE2)

O Perigo das Aranhas Pequenas

Aranhas, quando infectadas pelo T-virus, se tornam enormes livrando-se de predadores. Com hostilidade e toxidade aumentadas, elas buscam por suas presas e continuam a procriar. Por isso, aranhas mães carregam inúmeras Aranhas Pequenas em seus abdômens. Se alguma coisa acontecer com a mãe, as Aranhas Pequenas saem e atacam humanos. Felizmente, elas são pequenas o bastante para que você possa matá-las pisando em cima delas, mas quanto maior seu número, maior sua ameaça.

Na base da Antártica, a Aranha Gigante exibe o mesmo comportamento que seu parente menor(a Viúva Negra): cuspir veneno e usar suas presas gigantes para capturar presas. Essa aranha carrega sua cria usando seu estômago, como as aranhas de Raccoon City. Ela as lança da mesma forma na sua morte, e elas carregam o mesmo perigo em números. As Aranhas Pequenas que escapam dos corpos de Fiandeiras de Teia, também são chamadas de Aranhas Bebê e vêm em números menores.


Citação :
Drain Deimos

Aparição: Resident Evil 3: Nemesis

Mutantes irregulares com o apelido de DD. Acredita-se que os Drain Deimos eram originalmente pulgas que comeram carne de animais infectados com o T-virus. Eles aumentaram centenas de vezes seu tamanho, ficando tão grandes como um humano. Sua aparência é particularmente grotesca mesmo para monstros, com seu exoesqueleto em pedaços e seus órgãos internos e músculos aparecendo em lugares incomuns, devido ao seu crescimento extremamente rápido.

Os Drain Deimos se alimentam do fluído cerebrospinal de humanos. Mantendo seu comportamento de pulgas, eles conseguem esse fluído ao enfiarem suas presas em suas vítimas e o chupando. Depois de se alimentarem, os machos se tornam fêmeas e botam ovos, iniciando o ciclo de auto-reprodução.

Eles geralmente gostam de ficar em lugares escuros e úmidos, e se movem andando por paredes e tetos. Eles tendem a serem bem cautelosos, então é incomum atacarem repentinamente. Mas quando ficam agitados eles atacam com tudo sem se preocuparem com as consequências, usando suas garras e presas contra sua vítima.

Citação :
Brain Sucker

Aparição: Resident Evil 3: Nemesis

Um mutante irregular que tem grande semelhança com o Drain Deimos. Ele tem duas cabeças e um corpo quase que reptiliano, como se duas criaturas tivessem sido unidas em uma estranha nova criação. Como o Drain Deimos, o Brain Sucker era uma pulga antes de sua mutação, mas devia estar se alimentando de um tipo diferente de animal quando se tornou infectado com o vírus.

Em contraste com a dieta dos Drain Deimos de fluído cerebrospinal você pode imaginar do que os Brain Suckers se alimentam: eles sugam os cérebros de qualquer humano azarado o bastante para se aproximar deles. Ao encontrarem sua presa, o Brain Sucker destrói a cabeça de seu alvo e insere suas duas línguas nos restos. Ele é surpreendentemente habilidoso em abrir crânios para conseguir seu conteúdo.

Apesar de sua tendência de ir atrás de cérebros ao invés de fluído cerebrospinal, Brain Suckers atacam com suas garras e presas da mesma forma que Drain Deimos. Mas diferente do Drain Deimos, Brain Suckers também têm um veneno que podem cuspir em suas presas.

Ambos Drain Deimos e Brain Suckers botam ovos para se reproduzirem. Quando esses ovos chocam, eles produzem versões simplesmente menores deles mesmo, permitindo que se propaguem em grande velocidade.

Citação :
Stinger

Aparição: Resident Evil 0

O Stinger é uma B.O.W. criada ao administrar o T-virus em um escorpião. Ele chegou a três metros de cumprimento, incluindo suas pinças. O vírus também causou o endurecimento de seu exoesqueleto. Suas pinças em particular são fortes o bastante para cortas aço. A maior grossura e força do exoesqueleto da criatura permitem que ele absorva tiros de armas de fogo. Porém esse é o máximo dos efeitos do vírus da criatura e sendo assim não pode ser considerada uma B.O.W. viável.

O Stinger tem um corpo altamente protegido, mas sua cabeça é surpreendentemente vulnerável. Esta é a sua fraqueza primária e durante combate ele cobre a cabeça com suas garras. Além disso, como uma B.O.W., ele deveria secretar veneno de seu ferrão, mas ele não tem essa habilidade. Ele apenas se comporta como um escorpião quando atacando com suas pinças. Seus outros padrões de ataque são lentos e desajeitados, consistindo em avançar para cima do inimigo e atacá-lo com sua cauda. O Stinger não é satisfatório no que se espera num escorpião mutante.

Citação :
Centurion

Aparição: Resident Evil 0

O Centurion é uma centopéia gigante descoberta no Centro de Treinamento da Umbrella. Ele não é uma B.O.W. nascida de experimentos com o T-virus, mas sim transformado acidentalmente devido à exposição ao vírus.

Essa criatura de múltiplos membros e carnívora sobrevive se alimentando de humanos. Como vocês devem saber, o Centurion é muito maior que uma centopéia tropical e seu comportamento é muito mais agressivo. Ele chega a 10 metros de cumprimento e rapidamente se aproxima de sua presa, se posiciona e ataca a vítima. Ele usa suas poderosas e afiadas presas para morder ossos humanos. Seus movimentos previsíveis são os mesmos de um inseto normal, indicando baixa inteligência. A única ameaça que ele representa são sua força e resistência.

Citação :
Grave Digger

Aparição: Resident Evil 3: Nemesis

Um mutante irregular e o resultado de um artrópode vivendo debaixo da terra em Raccoon City. Se tornou infectado com o T-virus que se infiltrou pela terra e fez com que ele passasse por enormes mutações. O lixo tóxico do laboratório subterrâneo da Umbrella era demais para a instalação agüentar e se espalhou pelo subsolo, causando a infecção de várias áreas. Isso fez com que os artrópodes que estavam de baixo da terra encontrassem corpos infectados que foram enterrados debaixo do laboratório e eles se tornaram infectados ao ingerirem http://whiteumbrella.forumeiros.com/post?p=782&mode=editpostseus restos. Uma das mutações resultou no que ficou conhecido como Grave Digger.

Essas criaturas habitam o subterrâneo do cemitério de Raccoon City, se alimentando de carne morta e agindo de forma extremamente hostil em relação aos humanos que encontram. Seus corpos de verme chegam a 10 metros de cumprimento e suas poderosas mandíbulas são capazes de esmagar concreto, junto com seu incrível sistema digestivo, permitem que eles engulam um humano adulto inteiro. Quando caçam suas presas, eles conseguem sentir onde estão mesmo de baixo da terra e chegam à superfície fazendo um ataque surpresa.

Atualmente foi confirmada a existência de duas espécies de Grave Digger. O primeiro é um adulto que recentemente trocou de pele e é de cor branca. O segundo é um adulto completo e der cor marrom escura. Essa espécie tem maior tolerância a danos.

Citação :
Vermes Rastejantes

Aparição: Resident Evil 3: Nemesis

Os Grave Diggers mencionados acima se reproduzem botando ovos nos esgotos e dentro do chão, na maioria das vezes em grupos de 100. Sob essas condições infecciosas, os ovos eclodem rapidamente, mais ou menos 2 horas, e a criatura que sai é chamada de Verme Rastejante. Essas larvas são outro tipo de mutante irregular, normalmente crescendo até 1 metro de cumprimento e possuindo presas afiadas e um corpo elástico e flexível. Essas criaturas se alimentam de sangue e quando encontram suas presas eles usam suas habilidades de pulo nelas e sugam seu sangue como uma sanguessuga, às vezes chegando a 1 litro. Depois de nascerem, eles trocam de pele várias vezes no curso de seu desenvolvimento. Em semanas eles se tornam um Grave Digger.

Citação :
Gulp Worm

Aparição: Resident Evil Code Veronica X

Uma arma biológica criada ao manipular DNA de verme com o T-virus. Normalmente ele fica dormente abaixo do chão, mas quando ele sente o cheiro de presas se aproximando ele surge do chão para atacar. Suas características principais são seu tamanho enorme e forte órgãos digestivos, que combinados permitem que ele engula um humano adulto inteiro. Esse verme é na verdade um protótipo e foi usado pelos membros em treinamento do Esquadrão Anti-B.O.W. de Rockfort Island.

Citação :
Neptune

Aparição: Resident Evil

Código número "FI-03". Desenvolvido como um experimento para provar que o T-virus combinaria bem até mesmo com criaturas marinhas, é uma nova forma de B.O.W. criada a partir de um tubarão branco. O resultado é um novo corpo enorme que ultrapassa seu tamanho natural e já que a água é o seu habitat natural isso dá um novo significado ao nome "Rei do Oceano". As tendências naturalmente agressivas dessa espécie foram aumentadas e sua força também foi melhorada ao ponto em que ele não teme qualquer outra criatura. Com suas altas capacidades de ataque e resistência a danos imagina-se que ele seria perfeito para lutas. Mas no fim, ainda é uma criatura do mar, não tendo absolutamente nenhuma aplicação para batalhas na terra.

Nas instalações da Mansão de Arklay foi relatado que existiam duas espécies de Neptune, mas os menores ainda estavam no meio de seu desenvolvimento. Sendo assim, suas propriedades de ataque e defesa são bem abaixo de um Neptune completo e são bem mais fáceis de serem afastados.

Citação :
Lurker

Aparição: Resident Evil 0

Uma B.O.W. nascida nos primeiros experimentos com o T-virus. Quase que imediatamente após o início da pesquisa do vírus um enorme número de falhas foi produzido. O Lurker é uma dessas falhas e foi feito baseado em um sapo.

Seus olhos e ouvidos se decaíram bastante nessa forma, mas sua habilidade de sentir sua presa evoluiu a um nível quase sobrenatural. Suas línguas se tornaram fortes o bastante para empalarem um alvo humano com facilidade. Seu sistema digestivo também se desenvolveu ao ponto em que podem engolir um humano inteiro, além de estar forte o bastante para matar quase que instantaneamente qualquer presa que eles engolirem.

Apesar de conterem propriedades ofensivas formidáveis, a razão pela qual os Lurkers não foram empregados como B.O.W.s é por causa de sua falta de inteligência. Não importa quanto tempo tenha passado desde a administração do T-virus, eles não mostraram nenhum desenvolvimento cerebral, e logo não foi feito nenhum esforço para condicioná-los a seguirem ordens pra funcionarem como B.O.W.s. Esse experimento mostrou que havia pouca esperança em criar armas a partir de anfíbios combinados com o T-virus, e mesmo o muito melhorado Hunter Gamma desenvolvido depois mostrava defeitos nas mesmas áreas devido a sua natureza anfíbia.

Citação :
Yawn

Aparição: Resident Evil

Essa cobra venenosa, criada para ser usada como B.O.W de teste, escapou da instalação e foi infectada pelo vírus, causando seu crescimento a um tamanho gigante. Ela parece bocejar quando engole sua presa e assim foi nomeada Yawn (bocejo) pelos pesquisadores.

Suas características principais são sua largura inconsistente com seu cumprimento e o veneno que ela secreta em suas presas afiadas que requer um soro poderoso para ser combatido. Se a vítima não receber tratamento imediatamente o veneno se espalha e incapacita-a em minutos. A Yawn não tem inteligência desenvolvida e é incapaz de qualquer movimento físico além de uma cobra normal.

Citação :
Víboras

Aparição: Essa cobra venenosa e pequena foi infectada pelo T-virus e começou a se multiplicar incontrolavelmente. Ela detecta sua presa ao sentir seu calor e ataca em grupos. Ela reside próxima a água e prefere lugares úmidos. Ela tem reflexos mais rápidos do que os de uma cobra normal e pula para morder humanos. Enquanto a víbora verde apenas causa ferimentos, a versão vermelha é mais perigosa devido ao seu potente veneno. Ambas são capazes de transmitir o T-virus

Citação :
Plantas Monstro

Aparição: Resident Evil

Esse mutante foi descoberto na estufa da mansão. Ela absorveu água contaminada com o T-virus e cresceu de forma anormal e desenvolveu uma camada externa mais forte. Ela não recebe dano de ataque nenhum e atacará com seus tentáculos quando aproximada. Porém, ainda é uma planta e não demonstra resistência contra herbicidas.

Citação :
Plant 42

Aparição: Resident Evil

Plant 42 nasceu acidentalmente durante o surto de T-virus. Seu nome vem da localização de sua descoberta: ponto de observação 42. O vírus teve efeitos profundos na planta, causando sua evolução numa escala alarmante. Os pesquisadores observaram com grande interesse como o crescimento da planta superava o das outras, seu tamanho faz com que ela atravessasse o chão e paredes do dormitório.

A Plant 42 consegue nutrientes de duas formas. A primeira é absorvendo compostos químicos pelas suas raízes e o outro é sugando sangue humano pelos membros em forma de tentáculo que surgiram de seu bulbo. Vários pesquisadores tiveram suas veias sugadas até ficarem secas pela Plant 42.

Se é uma planta, por que ela ataca seres humanos? Esse é o resultado de um aumento na inteligência da criatura, ativado pelo T-virus. Em outras palavras, a Plant 42 começou a agir por sua vontade, atacando humanos com seus tentáculos sugadores de sangue para preservar sua própria vida. A Plant 42 chegou ao topo do ecossistema e tomou conta do dormitório. Até a sua destruição pelos S.T.A.R.S., suas raízes estavam firmemente fixadas pelo prédio inteiro.

Nenhuma sinopse sobre a ecologia da Plant 42 estaria completa sem falar de seu comportamento agressivo. A Plant 42 era inteligente o bastante para desenvolver defesas contra intrusos. Uma vez que a vítima estivesse ao seu alcance, ela a atacaria com seus membros espinhosos ou a agarraria pelo pescoço e estrangularia com sua incrível força. O T-virus também permitiu que ela excretasse seiva ácida de suas pétalas e tentáculos para se defender.

Apesar de sua evolução drástica, a Plant 42 continua sendo apenas uma planta e é extremamente suscetível ao fogo. Além disso, os pesquisadores deixaram para trás uma análise indicando que a substância química UMB V-Jolt enfraquece a estrutura celular da criatura.

Citação :
Ivy/Poison Ivy

Aparição: Resident Evil 2

Oficialmente chamada de Plant 43, essa B.O.W. foi desenvolvida ao analisar informações sobre a Plant 42. Ela foi especialmente criada para se movimentar sozinha e sobrevive ao absorver os vapores d'água na sua superfície.

Ela ataca suas presas com seus membros em forma de heras que lhe dão seu nome e inflige feridas fatais ao cuspir enzimas digestivas de sua cabeça em forma de flor. Ela pode se adaptar ao seu ambiente, mesmo após detectar substâncias perigosas no ar. Um exemplo de tal adaptação é a Poison Ivy. Nesse caso, seu corpo foi exposto ao gás P-Epsilon, resultando em mudanças físicas. Essa B.O.W. venenosa não lança mais fluídos venenosos e sim emite um gás altamente venenoso.

Ivy

Essa B.O.W. foi desenvolvida usando informações tiradas de análises completas da Plant 42 durante o incidente da mansão. Ela se move lentamente usando suas vinhas em forma de gavinhas. Seu movimento lento e fraqueza contra fogo impedem que ela se torne uma ameaça sozinha. Porém, ela se espalha rapidamente, se tornando perigosa. (RE2)

Poison Ivy

Sua forma é essencialmente a mesma que a da Ivy normal, diferença é que ela foi exposta ao gás P-Epsilon, fazendo sua flor vermelha e lhe dando propriedades venenosas. É capaz de emitir gás venenoso. (RE2)

Citação :
Tentáculo

Aparição: Resident Evil Code Veronica X

Esse tentáculo é parte do experimento de Alexia, sendo possível ao combinar seu DNA com o T-Veronica por 15 anos. Capaz de alcançar sua presa a quilômetros de distância, o tentáculo se estende e ataca com sua ponta. Ele não pode funcionar sozinho, mas dado um alvo por Alexia, ele pode chegar a qualquer lugar. Se receber muitos danos, o tentáculo se contorce violentamente e joga sua vítima longe.

Citação :
Mimicry Marcus

Aparição: Resident Evil 0

Essa criatura é na verdade composta por centenas de sanguessugas que se uniram para imitar o falecido Dr. James Marcus. Como simples anelídeos são capazes de se transformarem em seu criador é um fenômeno difícil de explicar. Porém, é certo que essas sanguessugas funcionam como uma inteligência coletiva.

As sanguessugas secretam um fluído corporal adesivo sob suas cutículas para se unirem. Essa cobertura se endurece enquanto elas se juntam. Porém, há um limite de quanto elas podem manter essa forma e podem fazer isso apenas quando pardas.

Quando aproximadas por alguém, as sanguessugas quebram sua forma e atacam. Nesse caso, a criatura retém uma forma meio humana, apesar da fisionomia do Dr. Marcus se tornar distorcida e seu rosto desaparecer inteiramente. Ele ataca usando seu braço direito como chicote no seu alvo.

A única forma de se livrar do Mimicry Marcus é usando suas propriedades permeáveis contra ele mesmo com enxofre ou o incinerando. Porém, ele tem uma tendência de explodir e se espalhar quando criticamente ferido, então pode não ser uma decisão inteligente simplesmente o atacar.

Mimicry Marcus (forma parada)

Esse é o Mimicry Marcus quando não está se movendo. Como o nome diz, as sanguessugas se uniram para criar uma forma humanóide, perfeitamente copiando o Dr. Marcus. (RE0)

Mimicry Marcus (forma de ataque)

Essa forma é tomada pelas sanguessugas para facilitar seu movimento. Ele não tem mais a aparência do Dr. Marcus. Ele ataca usando seus membros em forma de chicote, cobrindo-os com fluído corporal. Ele vai infectar seu alvo com o T-virus se ele chegar muito perto. (RE 0)

Citação :
Sanguessuga

Aparição: Resident Evil 0

Essa sanguessuga tem aproximadamente 20 centímetros de cumprimento. O Dr. Marcus, descobridor do Progenitor Virus, seletivamente criou essas criaturas, provocando suas repentinas mudanças evolucionárias impensáveis de ocorrerem num anelídeo. Ela tem um receptor em forma de olho em seu corpo chato, permitindo que aja em aglomeração apesar de ser uma forma de vida menos evoluída. Ela consome carne humana ao prender sua boca na sua presa e em grupos pode matar um humano em minutos. Devido à extremamente alta concentração de T-virus dentro do corpo da sanguessuga, a possibilidade de tornar a vítima em um zumbi é extremamente alta.

Citação :
Queen Leech

Aparição: Resident Evil 0

Essa criatura é a forma transformada da Queen Leech que controla todas as sanguessugas mutantes. Ela normalmente toma a forma de um jovem Dr. Marcus, mas ela quebra essa imagem para se transformar em sua primeira forma. Ele possui inteligência extremamente alta e ela pensa e age como o Dr. Marcus, que foi assassinado 10 anos atrás. Ela até mesmo tem a habilidade de falar. Esse fenômeno surpreendente é possível pelo fato da Queen Leech ter entrado no cadáver do Dr. Marcus e se fundindo com seu DNA por um longo período de tempo.

Dez anos se passaram desde a fusão iniciada pelo T-virus. Durante esse tempo, o tecido corporal foi transformado, permitindo que ela chegasse à sua forma final. Como o nome Queen Leech implica, ela reina sob as inúmeras sanguessugas mutantes, as comandando como quiser. Ao ver um inimigo, ela ataca com seus membros em forma de chicote feitos de sanguessugas.

Se a Queen Leech sente que está sendo atacada, ela vai cessar suas funções naturais e irá se transformar em sua segunda forma. Ela se funde com todas as sanguessugas ao seu redor e as usa como fonte de energia para multiplicar suas próprias células. Esse processo muda a estrutura de sua forma e completamente reforma as áreas danificadas. A massa da segunda forma é dez vezes maior que da primeira. Seu grande tamanho e aparência a fazem primitiva e extremamente grotesca.

A maior força de sua segunda forma é sua quase invulnerabilidade. Ela é poderosa o bastante para não ser ferida por vários disparos de armas de fogo. Porém, apesar de sua extrema resistência, sua forma verdadeira também expõe a fraqueza da Queen Leech. Para manter essa forma, as sanguessugas são cobertas por um filme quase transparente que permite que raios ultravioleta passem. Essa é sua ruína. Os raios ultravioleta na luz solar quebram sua estrutura celular. As células queimadas têm dificuldade em manter a segunda forma da Queen Leech, tornando-a extremamente fraca e incapaz de se proteger.

Queen Leech (primeira forma)

Em resposta ao Mimicry Marcus imitar um Dr. Marcus mais velho, a Queen Leech imita o Dr. Marcus nos seus vinte anos. Na sua primeira forma, não se pode definir se a criatura é macho ou fêmea, mas por conveniência, a imagem de comandar um exército de sanguessugas mutantes lhe dá seu nome. (RE 0)

Queen Leech (segunda forma)

Ao sentir uma ameaça à sua vida em sua primeira forma, o T-virus depositado em seu tecido é ativado. As mudanças permanentes trazidas pelo T-virus são tremendas. A Queen Leech usa vários métodos de ataque, como avançar no seu inimigo, veneno, atacar com sua cauda e esmagar com seu peso. Ela é enfraquecida por luz solar direta (raios ultravioleta). (RE 0)

Tradução: alexdz e Davi Redfield
Revisão: igorthemant

_________________

O olho do observador interfere no objeto observado.

[Twitter]


Última edição por Davi Redfield em Sab Jan 01, 2011 2:04 pm, editado 29 vez(es) (Razão : Atualização e Correções)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whiteumbrella.forumeiros.com
Davi Redfield
avatar

Administrador

Administrador

Título : Insanamente Estranho

Sexo : Masculino
Registrado em : 15/04/2010
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Archives   Sex Dez 24, 2010 10:57 am

Palavras-chave

Citação :
Raccoon City (Palavra-chave 01)


Mapa de Raccoon City

Este mapa indica os pontos de referência e lojas de Raccoon City. A área central é dividida entre área residencial e centro comercial, com a maioria das lojas localizadas nele. O bonde que passa pelo centro da cidade foi aberto em 1968 pelo prefeito Micheal Warren. Desde então, ele tem sido a principal forma de transporte dos moradores da cidade. Há também um distrito de compras dentro da cidade.

Raccoon City

Uma cidade de porte médio que anda de mãos dadas com a Umbrella

Raccoon City é uma cidade industrializada no centro-oeste dos Estados Unidos da América. Ao norte, além da vasta Floresta de Raccoon, estão as Montanhas Arklay. Nas Montanhas Arklay está a represa de Raccoon, a fonte do suprimento de água da cidade. Há também o Lago Vitória, uma atração bem conhecida pelos turistas; o Rio Circular, que corre pela cidade; e o Rio Mármore. Ao redor da região montanhosa, há três espécies de ervas conhecidas por suas propriedades medicinais, e todos os tipos de plantas e animais chamam a floresta de lar. Nos feriados, a floresta e os lagos são destinos populares para muitas famílias e turistas, dando à cidade um forte vínculo com a natureza que a cerca.

Raccoon City tem uma população de 100 mil habitantes, sendo classificada como uma metrópole de porte médio. Antigamente não era nada mais do que uma pequena cidadezinha, a Corporação Umbrella fez o desenvolvimento da cidade possível. A companhia farmacêutica aparentemente honesta começou a criar fábrica após fábrica. Isso trouxe um grande crescimento à cidade, e 3 de cada 10 cidadãos eram empregados da Umbrella.

Depois de tomar posse em 1987, o prefeito Micheal Warren, que havia servido por 11 anos e era altamente prestigiado, foi honrado com uma estátua comemorativa de bronze na prefeitura. Ele era um especialista em eletricidade, e em 1963, ele visitou a cidade como um engenheiro para promover sua eletrificação. Em 1968, ele ajudou na instalação de um bonde elétrico vindo da Europa, ele também planejou o sistema de transporte da cidade. Ele desenvolveu um interesse em administração e foi elogiado por seus serviços. Com seus conhecimentos, ele se tornou prefeito em 1987.

Warren e a Umbrella tinham um relacionamento bem próximo, e a cidade recebeu um grande apoio financeiro da corporação. Doações, serviços públicos, a construção de centros médicos, manutenção de propriedade pública... a Umbrella investiu em tudo. A corporação ganhou ainda mais influência na política da cidade, e Raccoon City se beneficiou por isso. A Umbrella chegou a construir um centro de pesquisas de baixo da cidade, sem conhecimento do público, e continuou suas pesquisas virais secretas. Ainda assim, a Umbrella era a maior patrocinadora do maior projeto da cidade, o Plano de uma Raccoon City Mais Brilhante no Século XXI, tinha como objetivo lutar contra o crime e proteger o meio ambiente. Isso estabeleceu uma imagem positiva para a Umbrella. A unidade de Forças Especiais S.T.A.R.S. foi estabelecida, unindo ainda mais a Umbrella com Raccoon City. Tendo provido 50% dos fundos para esse projeto, a Umbrella esperou que todas as dúvidas quanto a companhia sumissem. Porém, num dia no mês de maio de 1998 quando um corpo deformado foi descoberto na madeireira de cedro na margem do Rio Mármore, as engrenagens começaram a girar...

Citação :
O Incidente da Mansão (Palavra-chave 02)


A aniquilação de Raccoon City chocou a nação inteira. Este incidente devastador começou com um vazamento viral em uma mansão. Aquela imensa mansão, construída nas profundezas da floresta da região montanhosa de Arklay, foi construída pelo arquiteto George Trevor, contratado por Ozwell E. Spencer. Porém, está mansão era na verdade o Centro de Pesquisas Arklay, onde a Umbrella estava conduzindo experimentos de guerra biológica, culminando no T-virus. O acidente biológico imprevisível que iria envolver Raccoon City em um pesadelo sem fim.

Em junho de 1998, um jornal semanal recebeu relatórios de avistamentos de Cerberus. Em julho, vítimas continuaram a serem descobertas nas Montanhas Arklay. O Departamento de Polícia de Raccoon imediatamente selou a entrada para as montanhas, e devido a forte demando popular, mandou os S.T.A.R.S. iniciarem as investigações da área. O Time Bravo, liderado pelo Capitão Enrico Marini, foi enviado. Logo depois eles foram declarados desaparecidos na Floresta de Raccoon, e o quartel general mandou o Time Alpha buscar seus companheiros desaparecidos.

Foi então que o Time Alpha encontrou o grupo de Cerberus que havia escapado o Centro de Pesquisas de Arklay. Para escaparam do ataque dos Cerberus, os membros do Time Alpha fugiram para o Centro de Pesquisas. Porém, devido a uma série de dispositivos e traições, eles se dividiram e encararam o perigo a cada canto da instalação infestada por zumbis. Esses eventos foram relatados e nomeados como Incidente da Mansão. Apenas cinco membros da S.T.A.R.S. sobreviveram a estes acontecimentos trágicos. Toda Raccoon City foi paralisada pelo tremendo desastre biológico, e os cidadãos receberam a simpatia da nação.

A Frente da Mansão

Enquanto procurava pelo Time Bravo, o Time Alpha se refugiou nesta mansão depois de serem atacados por um grupo de Cerberus. Ao chegarem a instalação já estava afetada pelo acidente biológico. Durante isso tudo, o comandante da S.T.A.R.S., Albert Wesker, fez seus homens irem até a mansão. Lá dentro eles os fez enfrentarem as B.O.W.s para coletar informações de batalha... essa é a verdade por trás do incidente da mansão.

Salão Principal do Primeiro Andar da Mansão

O Time Alpha, surpreendido pelo ataque dos Cerberus, por pouco escapou do perigo ao entrarem neste salão. Depois disso, o salão foi usado como ponto de encontro para os sobreviventes enquanto buscavam por seus amigos. Porém, os outros membros haviam desaparecido de lá, fazendo a busca ainda mais urgente. O salão, que estava livre de perigo enquanto a porta principal ficasse fechada, é por onde os membros da S.T.A.R.S. passaram de novo e de novo durante suas buscas.

O Centro de Pesquisas de Arklay

A Instalação de Pesquisas Disfarçada de Mansão Européia

O local do Incidente da Mansão, o Centro de Pesquisas de Arklay parece ter apenas dois andares acima do solo. Porém, um elevdor escondido debaixo da fonte no jardim leva a um laboratório desenhado e construído para desenvolver o T-virus. Os pesquisadores usam o heliporto no telhado como acesso, mas os outros empregados usam o Ecliptic Express, já que iriam ao Centro de Treinamento. Além do cemitério há um dormitório onde os pesquisadores vivem, completo com grandes tanques de água usados para as B.O.W.s Neptune. O primeiro chefe de pesquisas foi William Birkin. Depois de ter sido transferido para o centro de pesquisas subterrâneo em Raccoon CIty, um novo chefe chamado Jon assumiu. Porém, ele recebeu advertências dos seus superiores por suas opiniões contra a Umbrella.

Os Principais Trabalhadores do Centro de Pesquisas de Arklay

Este é uma lista dos trabalhadores do Centro de Pesquisas de Arklay, tirada de vários arquivos e fotos descobertos durante a investigação. Quanto aos raios-X, não se sabe se essas pessoas eram experimentos ou trabalhadores acidentalmente infectados. O número de zumbis vagando pelas instalações excede o número de nomes, então a lista representa apenas uma pequena porção de infectados.

Chefe de Pesquisas: Jon
Assessoria de Pesquisa: E. Smith, S. Ross
Pesquisadores: Henry Sarton, John Toleman, Martin Cracjhorn, Robert, Steve, sem nome.
Chefe de Segurança: anônimo
Chefe da Sla de Informações Visuais: Keith Irving
Chefe da Guarda: anônimo
Guardas: Scott, Alias
Criador: anônimo
Elementos do Raio-X: Alex Bennet, Clark David, Ed Fisher, Gail Holland

Missão de Erradicação

O Crime Cometido pela Umbrella e o Governo dos Estados Unidos

Mesmo após os membros da Equipe Alpha terem sobrevivido ao incidente, ocorrências misteriosas e bizarras continuaram a serem relatadas na cidade. A "doença canibal" havia se espalhado por todas as áreas da cidade, e Raccoon City entrou em estado de pânico. Nesse período, o prefeito Warren recebeu a notícia que o exército estava iniciando uma operação de quarentena par conter a doença. Ele secretamente fugiu da cidade e foi levado pelos militares. Isso deixou poucos cidadãos com a capacidade de chegar aos limites da cidade, forçando metade da população a se defender. Raccoon City inteira entrou em lei marcial, e o esquadrão contra desordem do Departamento de Polícia de Raccoon City junto com a U.B.C.S. da Umbrella foram mandados para evacuar os cidadãos. Porém, isso se tornou uma tarefa difícil. Encarando os inimagináveis zumbis, se tornou uma missão suicida. Em pouco tempo as ruas estavam lotadas de centenas de zumbis, e era certo que o vírus não ficaria dentro da cidade. Sendo assim, o governo dos E.U.A. convocou uma conferência para discutir as medidas a serem tomadas. A situação foi declarada o maior desastre na história humana, e o presidente dos Estados Unidos da América, apoiado pelo comitê em conferência, declarou um plano para a erradicação da infecção. Sendo assim, no dia 1° de outubro de 1998, o exército disparou um novo tipo de ogiva no coração da cidade. Acredita-se que as mortes chegaram ao número de 100 mil. Em um único golpe, o governo dos Estados Unidos apagou a Raccoon City infectada, junto com seus cidadãos inocentes, da face da Terra.

Citação :
Umbrella (Palavra-chave 03)


A história da gigante internacional Corporação Umbrella começou em 1967 com a descoberta do Progenitor Virus. O aristocrata Ozwell E. Spencer, junto com seu amigo Edward Ashford e seu colega de faculdade James Marcus, descobriram esse novo vírus de RNA. Ele estaria para sempre envolvido na vida destes três indivíduos. Com a intenção de desenvolver B.O.W.s e monopolizar o mercado militar, Spencer trouxe sua idéia pra seu amigo Marcus. Com isso, os três estabeleceram a Umbrella em 1968, sob a fachada de uma corporação farmacêutica. O lema da corporação era "Preservando a saúda das pessoas". Com sua base na Europa, a abominável história da corporação começou.

No ano em que a Umbrella foi estabelecida, Edward faleceu, deixando a corporação para os outros dois. Spencer se dedicou à administração da companhia. Para treinar novas gerações, ele apontou Marcus como diretor do Centro de Treinamento da Umbrella. Mesmo após ter se tornado diretor da instalação, Marcus continuou com suas pesquisas virais. Porém, a influência de Spencer continuou a crescer e se tornou uma fonte de insatisfação para Marcus.

Em 1978, Marcus teve sucesso em criar o T-virus. Ele estava confiante que com isso, seu lugar seria assegurado como chefe da companhia. Porém, suas ambições foram esmagadas pelos planos de Spencer. Ele tomou conta das pesquisas de Marcus no Centro de Pesquisas de Arklay, construído na Floresta de Raccoon. Spencer era o tipo de pessoa que explorava amizades se fosse necessário para seu ganho pessoal. Spencer fez que com o amigo de confiança de Marcus, Albert Wesker, o assassinasse. Depois da morte de Marcus, o Centro de Pesquisas de Arklay produziu B.O.W. após B.O.W. sob a direção de Spencer. Em meros 10 anos, o tamanho e alcance da corporação cresceram imensamente. Em 1998, a Umbrella tinha instituições de pesquisa na América do Norte, Europa e na Antártica. Na América do Norte há o Centro de Pesquisas de Chicago, o Centro de Pesquisas de Arklay e o Centro de Pesquisas de Subterrâneo em Raccoon City. Na Europa, há o Centro de Pesquisas de Paris e o 6° Centro de Pesquisas da Europa. Por fim, há o Centro de Pesquisas da Antártica. O Centro de Treinamento da Umbrella foi fechado na época da morte de Marcus, mas 10 anos depois Spencer mandou um time para tentar restaurar a instalação.

A maior conquista de engenharia foi era o 6° Centro de Pesquisas da Europa. Foi lá que a B.O.W. Tyrant foi aperfeiçoada depois de sua falha no Centro de Pesquisas de Arklay. Ele foi desenvolvido como a fundação para uma nova raça de B.O.W. Isso levou ao Plano Nemesis e o novo Nemesis T-Type. Essa arma humanóide foi levada à Raccoon City devastada, e começou a buscar e destruir o restante dos S.T.A.R.S. que estavam em busca dos segredos da corporação. No processo, informações de batalha foram colhidas sobre o Nemesis.

Deixando as contínuas pesquisas desumanas da Umbrella de lado, havia outra razão para dividir a Umbrella entre seu disfarce como companhia farmacêutica e seu trabalho secreto como comerciante de armas. O cliente mais valioso de armas virais e B.O.W.s da Umbrella era o governo dos Estados Unidos. Consequentemente, era de conhecimento geral dentro do governo de que a Umbrella estava produzindo armas biológicas. E até mesmo com todos seus segredos, os métodos da Umbrella eram aprovados. Já que a corporação tinha fortes laços com o governo, era impossível que a Umbrella fosse apontada por seus crimes. Depois que o T-virus se espalhou por Raccoon City, foi com a manipulação de Spencer do governo americano que deu a ordem para isolar as pessoas de Raccoon City e lançar uma novo tipo de ogiva. Não foi apenas a Umbrella, mas também o governo que optou destruir a evidência incriminadora.

O Disfarce da Umbrella Como Uma Corporação Farmacêutica

A Umbrella é mais bem conhecida entre o público como uma companhia farmacêutica ao invés de comerciante militar. Ela criou uma imagem limpa como empregadora e é conhecida como número um no negócio ao contratar pessoal de gerência, produção e entrega. Apesar de ser um negócio grande, ela se mantém aberta e uma empregadora de oportunidades iguais não discriminando religião, sexo ou raça. A Umbrella é também a fabricante destes três produtos populares. Eles foram considerados necessidades pelas pessoas de Raccoon City.

Adravil

Uma pomada usada em feridas abertas. É o produto principal da Umbrella e traz ótimos resultados.

Aqua Cure

Um dos produtos médicos comercializados pela Umbrella. Parece ser popular com as mulheres, mas detalhes são poucos.

Safsprin

Um remédio doméstico que cura mal estar. O conteúdo do frasco é em forma de pílulas.

A Terrível Conspiração de Spencer

Um dos mais devastadores assassinos de humanos é o vírus Ebola. Ainda não há cura para essa terrível doença, que possui uma taxa de fatalidade tão alta que ameaçou varrer a raça humana. Depois de testemunhar esse potencial para devastação, a humanidade tomou medidas assinando um tratado internacional proibindo o uso de armas virais durante guerras. A Convenção de Armas Biológicas foi efetivada, e tem sido cumprida. Porém, ela foi quebrada pela ambição de um homem.

Nenhuma palavra é mais adequada a Ozwell E. Spencer, o fundador da Corporação Umbrella, do que "tirano". Quando o Progenitor Virus foi descoberto, ele imediatamente expandiu as conexões de sua companhia, e até mesmo ganhou influência no governo dos Estados Unidos. A ambição de Spencer se igualava a de Adolf Hitler, e ele silenciosamente tomou o mundo com suas mãos. Aqueles relacionados com a Umbrella estavam muito ocupados em busca de seus próprios lucros e ganho pessoal para ver sua ambição, e sem perceberem, eles levaram o mundo ao caos. Sem dúvidas, era isso que Spencer queria.

A pesquisa do T-virus impulsionada por ele era uma passagem de ida para o Inferno. Usando seres humanos em experimentos e a dispersão do vírus criando os zumbis que com outras B.O.W.s transformariam Raccoon City num tubo de testes gigante. Ele usaria até mesmo aqueles que chamava de amigos.

No Centro de Pesquisas Subterrâneo de Raccoon City, o DNA de Lisa Trevor, que foi usada como objeto de testes no Centro de Pesquisas de Arklay, permitiu o desenvolvimento do G-virus. Porém, o chefe das pesquisas, William Birkin, queria monopolizar o projeto e agiu sem autorização. Spencer ordenou que uma unidade das forças especiais de elite da Umbrella obtivesse o G-virus. Devido a ações de um membro da equipe, HUNK, Spencer foi capaz de obter uma cápsula contendo o vírus e continuou as pesquisas. Como resultado da decisão do governo americano de esterilizar Raccoon City, qualquer evidência de seus feitos foi perdida. Mas a destruição de Raccoon City realmente trouxe o fim do pesadelo? Afinal, enquanto a Umbrella existir, não há dúvidas de que em algum lugar eles estão continuando seus experimentos e produzindo uma nova espécie de mal...

O Traído e Lamentável Cientista Marcus

O primeiro diretor do Centro de Treinamento da Umbrella, a vida de pesquisas do Dr. James Marcus é repleta de falhas. Ele não foi creditado na descoberta do Progenitor Virus, nem considerado como membro fundador da Umbrella. Ele não tinha quase nenhuma autoridade na corporação. Spencer sozinho tinha o poder real. Dr. Marcus foi forçadamente colocado no Centro de Treinamento da Umbrella. Apesar de saber que estava sendo usado, ele se jogou em suas pesquisas para criar um novo tipo de vírus.

Porém, quando as pesquisas do Dr. Marcus deram frutos, Spencer teve a chance pela qual estava esperando. Um homem cujo Dr. Marcus confiava, Albert Wesker, e William Birkin o traíram. Então, os resultados da pesquisa conseguidos por Marcus foram roubados e usados nas próprias pesquisas de Spencer, apesar da principal razão do Dr. Marcus continuar suas pesquisas ter sido sua violenta oposição a Spencer.

Dr. Marcus foi capaz de usar o T-virus para promover suas pesquisas com sanguessugas mutantes e criar suas próprias B.O.W.s. Ele acreditava que era a melhor maneira de se vingar de Spencer. Porém, em 1988, antes de poder concluir sua pesquisa, sua vida foi tirada por Wesker em troca do dinheiro de Spencer. O fechamento do centro de treinamento havia enterrado a pesquisa com sanguessugas mutantes. O corpo do Dr. Marcus apodreceu nas águas sombrias do centro de pesquisas.

10 anos depois, um fenômeno biológicamente impossível aconteceu no centro de treinamento. A rainha sanguessuga nascida dos experimentos do Dr. Marcus permanentemente se uniu ao DNA de seus restos, dando vida ao seu clone. A cópia até mesmo refletia a vontade de Marcus, e seu desejo de se vingar de Spencer. Seu primeiro ato foi o uso das sanguessugas mutantes para infectar o trem Ecliptic Express, que transportava empregados da Umbrella pelas Montanhas Arklay. Foi uma amostra de poder terrível. Porém, a Queen Leech meramente copiou a mente do Dr. Marcus, e ao se transformar em sua forma verdadeira, perdeu seu raciocínio. Se tornando apenas outra criatura prestes a encontrar seu destino...

Citação :
Projeto Código Veronica (Palavra-chave 04)


O líder da quinta geração da família Ashford, Edward, descobriu o Progenitor Virus junto com seu amigo Ozwell E. Spencer. Na mesma época, seu filho Alexander se tornou ciente que ele não tinha a habilidade de continuar as pesquisas virais sozinho. Depois de desistir da pesquisa conjunta com seu pai, ele começou o projeto Código: Veronica. O objetivo épico do projeto era produzir uma prole com as habilidades para fazer as pesquisas seguirem em frente, usando a engenharia genética cuja Alexander dedicou sua vida.

O projeto foi nomeado Veronica, a primeira líder da família Ashford, e foi levado em frente pelos esforços extraordinários de Alexander, vindos da morte repentina de Edward e o declínio do status da casa de Ashford. A morte de Edward foi causada por exposição acidental ao Progenitor Virus durante um experimento. Devido a essas circunstâncias, Alexander foi forçado a apressar o Projeto Veronica, e em novembro de 1969, ele construiu uma grande instalação de pesquisas na Antártica usando um terminal de transporte para uma mina abandonada. O projeto disparou. A pesquisa de Alexander realizada na base da Antártica tinha como objetivo produzir um clone de Veronica com o Progenitor. O objetivo final do projeto era criar um gênio ao introduzir genes de Veronica(tirados do seu corpo mumificado no porão de sua casa da Europa) num óvulo fertilizado no útero de uma hospedeira. Em 1971, o experimento teve sucesso e dois clones nasceram. O irmão mais velho, Alfred, não possuía a inteligência que seu pai queria, mas a irmã mais nova, Alexia, provou ser um gênio digno de ser a segunda Veronica. Alexander ficou imediatamente convencido que ela traria prosperidade à família Ashford.

A inteligência e beleza de Alexia eram superiores às da lendária Veronica e cativavam seu criador, Alexander. A grande inteligência de Alexia veio da manipulação genética de Alexander. Ao manipular os fatores que determinam a inteligência, ele a aumentou ao seu limite. Em outras palavras, Alexander artificialmente criou o gênio perfeito, e fez um ato de Deus realidade. Porém, em troca de sua extrema inteligência, Alexia foi roubada de sua humanidade. Como resultado, ela se tornou obcecada mais com sua própria prosperidade do que a da família Ashford. Assim que o T-Veronica Virus foi concluído, ela se opôs ao seu pai e decidiu usar o vírus em si mesma. Dessa forma, o Projeto Código Veronica foi uma falha, e a família Ashford foi arruinada e condenada ao seu fim.

A Família Ashford

Uma Poderosa Família Aristocrática Arruinada em Sete Gerações

A família Ashford foi fundada pela sua primeira líder, Veronica, e continuou por sete gerações até a morte de Alfred na base da Antártica. O líder da família deveria ser de sangue puro e o costume era da criança ou irmão ser nomeado sucessor após a morte do líder atual. Porém, pelo fato do líder da sexta geração, Alexander ter ficado confinado na área da prisão subterrânea na base da Antártica, tecnicamente ele não poderia ser considerado morto. Alfred se tornou seu sucessor se declarando líder da família depois do desaparecimento de Alexander.

Linha Cronológica da Família Ashford

Primeira: Veronica Ashford
Membro fundadora da casa Ashford.

Segundo: Stanley Ashford
Filho de Veronica e pai de gêmeos cujos ambos herdaram a família Ashford.

Terceiro: Thomas Ashford
O gêmeo mais velho de Stanley.

Quarto: Arthur Ashford
O gêmeo mais novo de Stanley.

Quinto: Edward Ashford
Filho de Arthur, e um dos fundadores da Umbrella.

Sexto: Alexander Ashford
Filho de Edward, a pessoa principal pelo Projeto Código Veronica.

Sétimo: Alfred Ashford
Irmão mais velho de irmão e irmã gêmeos. Ele se tornou o líder da família depois do desaparecimento de seu pai.

_________________

O olho do observador interfere no objeto observado.

[Twitter]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whiteumbrella.forumeiros.com
alexdz
avatar

Moderador

Moderador

Título : Não definido.

Sexo : Masculino
Registrado em : 22/05/2010
Localização : Paraná

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Archives   Sex Dez 24, 2010 11:46 am

Atualizado com Corvos, Vespas, Baratas Giagntes, Formigas, Mariposa/Mariposa Gigante e Plague Crawler.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Davi Redfield
avatar

Administrador

Administrador

Título : Insanamente Estranho

Sexo : Masculino
Registrado em : 15/04/2010
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Archives   Sex Dez 24, 2010 8:50 pm

Crimson Head/Crimson Head Protótipo 1 adicionado.

_________________

O olho do observador interfere no objeto observado.

[Twitter]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whiteumbrella.forumeiros.com
Davi Redfield
avatar

Administrador

Administrador

Título : Insanamente Estranho

Sexo : Masculino
Registrado em : 15/04/2010
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Archives   Dom Dez 26, 2010 2:49 pm

Eliminator e Cerberus/Cão Zumbi adicionados.

_________________

O olho do observador interfere no objeto observado.

[Twitter]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whiteumbrella.forumeiros.com
alexdz
avatar

Moderador

Moderador

Título : Não definido.

Sexo : Masculino
Registrado em : 22/05/2010
Localização : Paraná

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Archives   Dom Dez 26, 2010 3:59 pm

Fiandeira de Teia/Tigre Negro/Aranha Gigante/Viúva Negra/Viúva Negra Gigante adicionado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
alexdz
avatar

Moderador

Moderador

Título : Não definido.

Sexo : Masculino
Registrado em : 22/05/2010
Localização : Paraná

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Archives   Seg Dez 27, 2010 11:30 am

Drain Deimos, Brain Sucker, Stinger, Centurion, Grave Digger e Vermes Rastejantes adicionados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
alexdz
avatar

Moderador

Moderador

Título : Não definido.

Sexo : Masculino
Registrado em : 22/05/2010
Localização : Paraná

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Archives   Ter Dez 28, 2010 3:06 pm

Gulp Worm, Neptune, Lurkere Yawnadicionados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
alexdz
avatar

Moderador

Moderador

Título : Não definido.

Sexo : Masculino
Registrado em : 22/05/2010
Localização : Paraná

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Archives   Qua Dez 29, 2010 9:48 am

Víboras, Plantas Monstro, Plant 42, Ivy/Poison Ivy, Tentáculo, Mimicry Marcus, Sanguessuga e Queen Leech adicionados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Davi Redfield
avatar

Administrador

Administrador

Título : Insanamente Estranho

Sexo : Masculino
Registrado em : 15/04/2010
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Archives   Sab Jan 01, 2011 11:27 am

Morcego Infectado/Morcego, Chimera e Lisa Trevor adicionados.

_________________

O olho do observador interfere no objeto observado.

[Twitter]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whiteumbrella.forumeiros.com
alexdz
avatar

Moderador

Moderador

Título : Não definido.

Sexo : Masculino
Registrado em : 22/05/2010
Localização : Paraná

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Archives   Ter Jan 18, 2011 9:27 am

Seção Palavras-chave adicionada com Raccoon City, Incidente da Mansão, Umbrella e Projeto Código Veronica.

Não ia caber no primeiro post então usei o segundo post do Davi.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado



MensagemAssunto: Re: Resident Evil Archives   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Resident Evil Archives

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

 Tópicos similares

+
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
White Umbrella - Índice :: Fóruns ::  :: Resident Evil-
Ir para: