InícioCalendárioFAQEquipe do FórumAfiliadosBuscaBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se


O Fórum White Umbrella foi fechado. Nossos conteúdos agora estão disponíveis em nosso blog, http://whiteumbrellafiles.wordpress.com/. Visite-nos!



Compartilhe | 
 

 Resident Evil Ultimate

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Davi Redfield
avatar

Administrador

Administrador

Título : Insanamente Estranho

Sexo : Masculino
Registrado em : 15/04/2010
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Resident Evil Ultimate   Qua Maio 26, 2010 11:36 am

Introdução
Eu tive a idéia apresentada nesse tópico quando era membro do F.Y.F.R.E., e lá a proposta foi bem recebida pelos membros. Vou trazer essa idéia pra cá agora, espero que gostem.

Ultimate??
Sim. eu peguei o nome diretamente de uma reformulação que a Marvel Comics fez em sua franquia de quadrinhos, atualizando seus personagens para a época atual, recontando suas origens, corrigindo inconsistências, e etc. O que eu vou propor aqui é bem parecido, mas será feito com a franquia Resident Evil.

E como nós fazemos isso?
Digamos que dentro desse tópico existe um universo fictício, no qual a Capcom quer reformular a série RE desde o início, e eles escolheram os fãs (vocês) para fazer isso. Nós podemos discutir todos os detalhes de cada jogo, qual será o primeiro a ser lançado, como será a história (completa), personagens, inimigos, histórias paralelas, bem, tudo que seria mostrado no jogo. Resumindo, encarem isso como a chance de fazer a série RE como vocês gostariam que ela fosse.
Os participantes do tópico serão como a equipe de produção do jogo, e deverão discutir as idéias entre si. Só entra no jogo o que a maioria decidir, então bons argumentos ao sugerir algo para o jogo são fundamentais.

Quem for postando, já pode sugerir por qual jogo da série podemos começar.

Esse tópico é uma proposta de passatempo e utilização da criatividade. Espero que todos participem!

[Dúvidas, não hesitem em perguntar!]

_________________

O olho do observador interfere no objeto observado.

[Twitter]


Última edição por Davi Redfield em Sab Out 16, 2010 12:27 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whiteumbrella.forumeiros.com
Billy Coen
avatar

Editor

Editor

Título : Definido.

Sexo : Masculino
Registrado em : 14/05/2010
Idade : 24
Localização : Raccoon City

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Qua Maio 26, 2010 2:27 pm

Poderíamos começar pelo RE0 (começar pelo começo) ou falar sobre quando o Progenitor vírus - que nunca foi muito bem tratado nos jogos, mas que na verdade é o começo de tudo.

Espero a aceitação de todos, ou outras 1idéias.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mega Hunter
avatar

Membro


Sexo : Masculino
Registrado em : 17/04/2010
Idade : 27

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Ter Jun 01, 2010 11:04 pm

Eu acho que seria melhor começar por RE1 mesmo, e fazer como a CAPCOM fez, deixando os fãs já familiarizados com a série e só depois de alguns jogos voltar no começo de tudo, até porque, é fato que Chris, Jill e Wesker são personagens dos mais carismático, sem contar Barry e Rebecca.... Seria lagal começar por essa turma, usando força máxima....

Quanto ao Gameplay, acho muito exitante a idéia de haver inovações, mas acho que apesar delas, o velho estilo de cameras deveria ser mantido na minha opinião, Tanto faz ser o estilo de cameras estáticas como os 3 primeiros ou uma que se movimenta como em CV.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Davi Redfield
avatar

Administrador

Administrador

Título : Insanamente Estranho

Sexo : Masculino
Registrado em : 15/04/2010
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Qua Jun 02, 2010 12:50 am

É... Também acho melhor começar pelo primeiro RE mesmo. Zero é um tipo de retorno ao início, uma prequel, que mostra os eventos que antecederam o acontecimento principal, que é o incidente da mansão.

É claro que, se formos projetar o Zero depois de alguns jogos, temos que pensar em alguns detalhes, do tipo: se Rebecca for a protagonista, ela não pode "não saber de nada" durante o incidente da mansão; ela pode ocultar algumas coisas, mas já ter pleno conhecimento de B.O.W.s e zumbis, e tal.

_________________

O olho do observador interfere no objeto observado.

[Twitter]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whiteumbrella.forumeiros.com
Volsung
avatar

Administrador

Administrador

Título : Cearense FDP

Sexo : Masculino
Registrado em : 16/04/2010
Idade : 27
Localização : Fortaleza - CE

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Ter Jun 08, 2010 5:34 pm

Eu tenho jogado muito MGS3 ultimamente e me pergunto por que não reformular a estrutura do jogo de forma a permitir algum contato de Jill ou Chris com Brad no helicóptero em Resident Evil 1?

Claro, muita coisa teria de ser reavaliada, mas imaginem as possibilidades: O jogo teria um amplo aprofundamento na micro-história dos personagens, o cotidiano de cada um deles, essas coisas assim.

E seria foda imaginar Resident Evil 1 não como um jogo de terror casual com 3 horas no máximo e com um final que não ultrapassa os dois minutos. Imaginem o final do jogo com eles fugindo no helicóptero e depois uma conversa frustrante com o chefe Irons depois dos créditos?

... PQP, adorei a ideia do tópico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ItachiRx
avatar

Membro


Título : Não definido.

Registrado em : 08/06/2010

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Ter Jun 08, 2010 6:27 pm

Puxando um pouco a idéia do Volsung sobre MGS, acho que um outro aspecto importante que poderia ser importado da franquia do Kojima seria o tratamento profundo dado aos personagens, não só nas suas personalidades, mas com relação as suas origens.

Isso enriquece muito qualquer enredo, a exemplo, novamente, de MGS, que evoluiu de forma astronômica após MGS3. Um aprofundamento sobre a vida de Spencer antes da descoberta do Progenitor, como se deu essa descoberta, uma motivação para sua obistinação em evoluir a raça humana, sobre como conheceu Marcus e Edward, as primeiras experiências... Seria fantástico. É um terreno desconhecido, que se abre a multiplas possibilidades, que merecem mais do que files falando sobre isto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Volsung
avatar

Administrador

Administrador

Título : Cearense FDP

Sexo : Masculino
Registrado em : 16/04/2010
Idade : 27
Localização : Fortaleza - CE

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Ter Jun 08, 2010 11:14 pm

... Perfeito, Itachi. Realmente, até MGS3, não se tinha uma ideia da profundidade de personagens como o Bigboss. Ele era no máximo mencionado frequentemente nos MGS 1 e 2.

O exemplo do Spencer é muito pertinente e se estende a todos os personagens de Resident Evil 1, não apenas os "relevantes".

OK, os files são importantes e, mais do que isso, uma marca registrada da série, assim como as conversas de codec são pro Metal Gear, mas isso não chega a ser um empecilho para a adição de um elemento assim no Resident Evil 1.

Eles tem um rádio, caramba. Seria até algo interessante se, num momento de conversa a gente capturasse a morte de um companheiro de equipe na mansão. Imaginem a reação de Jill quando, por exemplo, ela acompanha a morte de algum companheiro (sei lá, o Forest por exemplo) sem poder fazer nada.

E de novo, o elemento psicológico entrando no jogo. Imaginem se, no começo do jogo tivéssemos Jill com um aspecto mais "normal" - digamos assim - e no desenrolar da trama, com as sucessivas mortes dos seus companheiros e a ameaça que paira em cima da própria cabeça dela, os sinais do trauma começassem a refletir na sua personalidade, deixando-a mais paranóica, ou qualquer coisa que o valha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Davi Redfield
avatar

Administrador

Administrador

Título : Insanamente Estranho

Sexo : Masculino
Registrado em : 15/04/2010
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Sex Jun 11, 2010 12:19 am

Esse aprofundamento sobre o Spencer é realmente uma idéia excelente. O que sugerem que seja adicionado ao "nosso" Spencer, por exemplo?

Eu pessoalmente, gostaria de sugerir que ele não fosse tão velho. A idade de outros personagens poderia ser reduzida/ajustada, pra que Spencer não precisasse ser um idoso.
Acredito que dando uma idade de 50 anos para Spencer, na época do incidente da Mansão, já seria de bom tamanho. Que acham?

Essa parte do rádio também seria muito legal. Seria extremamente interessante se o rádio fosse um elemento ativo do jogo, assim como o Codec em MGS. Não digo ele funcionar em todas as áreas da Mansão, afinal poderia ter paredes ou algo do tipo que eventualmente bloqueassem/interferissem no sinal, mas poder utilizá-lo de vez em quando seria interessante. Por exemplo, assim que se encontra e mata o primeiro zumbi, o personagem-jogador tenta contactar o RPD sintonizando a frequência dele, mas não obtém resposta.
As possibilidades são muitas.

_________________

O olho do observador interfere no objeto observado.

[Twitter]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whiteumbrella.forumeiros.com
Mega Hunter
avatar

Membro


Sexo : Masculino
Registrado em : 17/04/2010
Idade : 27

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Qua Jun 16, 2010 11:21 pm

Ótimas ideias pessoal. Eu estive pensando e acho que WESKER, em RE1, não era visto como possível vilão principal da série, tanto que ele some no começo, aparece no meio e depois só aparece no fim do game para as revelações e morrer... Talves torná-lo mais participativo no game, fazer com que ele esteja ainda mais no controle das coisas fosse uma coisa bacana. Pistas falsas que guiam o personagem para armadilhas, bosses etc.
O rádio por exemplo, pelo fato do personagem estar dentro da mansão, não funcionará para contatar alguém de fora, então nosso correspondente no rádio seria o próprio WESKER, talvez a impossibilidade de fazer contato externo seja obra do próprio vilão.
Nos poucos momentos em que o jogador sair da mansão, BRAD entra em contato e a conversa pode desmentir coisas ditas por WESKER, para dar os primeiros indícios de traição... Enfim, WESKER participando mais ativamente do game, pode causar ainda mais impacto na hora de sua traição, e já que é um "Ultimate", versão com alterações, pode até deixar um pingo de dúvida até mesmo no fã antigo em relação às intenções do vilão, por vezes "bonzinho" no game.

Além disso, sou a favor de uma trama linear, onde Chris e Jill tenham seus próprios caminhos, e o que um faz influencie no caminho do outro, tipo uma porta fechada que se abre... Nada de lado A e B como m RE2 que deixam dúvidas sobre quem é o A e quem é o B... E sim, um caminho exclusivo para ambos e alguns encontros entre eles... Por mim Jill e Chris até começam em pontos diferentes da mansão.De modo geral, um caminho complementa o outro, e até alguns files sejam exclusivos de cada caminho, para que eles tenham o que falar quando tudo terminar e forem discutir sobre o que aconteceu.

O final com é uma coisa que não pode frustrar o jogador... (É ruim jogar 3 horas pra ver um final de 3 minutos). Podia mostrar a fuga dos 4 sobreviventes, dar uma brecha para a fuga do WESKER (tipo mostrar o local onde seu corpo morto deveria estar e ele não constar lá, apenas um rastro de sangue indicando um caminho), e claro, histeria e alívio no helicoptero, tornando os personagens mais humanos... A conversa com Irons no fim dos créditos foi idéia de Gênio, e digo mais, podia até mostrar um pouco da influencia da UMRELLA na cidade e mostrar a cobertura de um canal de TV de Raccoon sobre os acontecimentos do game, mostrando a manipulação de fatos orquestrada pela empresa e a submissão da policia perante a mesma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Volsung
avatar

Administrador

Administrador

Título : Cearense FDP

Sexo : Masculino
Registrado em : 16/04/2010
Idade : 27
Localização : Fortaleza - CE

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Dom Jun 20, 2010 1:43 pm

Spencer não tão velho... É, seria uma boa.

Tudo bem, eu sempre imaginei o Spencer sendo velho, mas nunca como um velhote em fim de vida.

Seria interessante se fosse mostrado com mais detalhes nas cutscenes a forma com que ele atraiu a família Trevor para a mansão e ainda as monstruosidades que foram cometidas com eles.

Eu não sei os outros, mas eu sempre achei legal o lance das Live Selections no RE3. Bem que podiam fazer um negócio parecido num próximo jogo. Isso aumenta drasticamente o fator Replay.

A ideia do Mega Hunter de fazer cenários lineares com Chris e Jill é uma boa, realmente. Mas dá pra melhorar: seria interessante se o jogo tivesse dois cenários lineares pros jogadores escolherem, com Jill-Chris/Rebecca-Barry.

Eu não sou muito fã de cenários lineares, mas se conseguirem fazer um bom cenário linear, suficiente pra satisfazer geral, beleza.

Desenvolvendo melhor essa ideia do rádio, acho que alguém da equipe deveria ficar responsável pela inteligência da operação...

Que tal o Wesker?

A gente chama o Wesker pelo rádio e aí ele fala sobre a mansão, dá mais informações sobre a Umbrella e tudo mais. Imaginem as possibilidades.

No caso de fazerem um jogo menos linearizado, ele deveria ter no mínimo uns sete finais, explorando todas as variáveis possíveis. Live Selections, escolhas, personagens que morrem... Essas coisas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DarkMorten
avatar

Membro


Título : Não definido.

Sexo : Masculino
Registrado em : 20/07/2010
Idade : 31

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Ter Jul 20, 2010 4:10 pm

Sou novo aqui nesse fórum e me cadastrei justamente pra dar a minha opinião nesse tópico, já que Resident Evil é uma das franquias que mais gosto (principalmente o 1º)
Na minha cabeça, um reboot ou um universo ultimate podia começar mostrando coisas que cobrissem alguns "buracos" criados na história no decorrer dos anos tipo
No RE1, os times do Stars saem em direção a região da floresta para investigar as mortes, e nos dois jogos (remake e original) temos só animações na parte de fora da mansão, num reboot eu detalharia mais essa situação mostrando que antes dos Stars, foram mandados policiais normais (RPD) pra lá e eles foram mortos, e eles juntamente com os cães assassinos seria quem atacaria primeiros os membros do time da Rebecca, poderia também o jogo mostrar a parte de fora da mansão de forma mais profunda (tipo, não é possível um terrenão daquele só ter mato e uma mansão, tem que ter mais coisas) mesmo no RE3 em que temos mais liberdade de ir por Racoon, não temos acesso ao portão de onde ficava a floresta de Racoon (aqui, o meu palpite é ter mais conectividade entre essas áreas.
Da mesma forma, num reboot poderia ser dado um papel mais presente para a Rebecca e o Barry que ficaram abandonados (tipo, pra não ter um excesso dos casaisinhos Chris/Jill e Leon/Claire)
como ja disseram também, um final mais explicativo, mais cumprido e que mostre e conecte melhor os acontecimentos entre o RE0 > RE1 > RE2/3 até a destruição de Racoon (aqui eu acho que poderia ser usado ainda após a explosão, uma coisa meio catastrófica tipo, algo meio doido como reagentes das bombas lançadas em contato com o vírus na cidade criasse novas formas de vida, ou ainda, algo menos maionese, que a cidade após alguns anos e a constatação de estar livre do vírus, voltar a ser acessada pelos seus escombros e cidadãos poderem reergue-lá novamente algo tipo NEW RACOON.
Poderia ser usado também as idéias jogadas fora pela Capcom em RE"1.5" (aqui, algumas adaptações poderiam fazer ele coexistir facilmente com o real RE2), eu também aproveitaria as idéias que o Mikami teve para o Resident Evil 4 (as não usadas) , mas usaria outros personagens para elas (pra não haver um excesso de Leon, e pra talvez dar um fim para algum personagem [tipo Barry Burton sendo infectado pelo Progenitor])
Eu detalharia melhor também o antes de tudo (com vídeos) o funcionamento da mansão e dos laboratórios Arklay antes dos acidentes (aqui já mostraria e detalharia melhor o surgimento dos Crimson Heads, Lisa Trevor, Spencer e mais coisas que são assunto
Não abandonaria também a idéia do Okamoto de um Resident Evil DASH (aqui, Okamoto sugeriria um jogo passado após alguns anos do incidente da manão, com alguém voltando lá e tendo que acessar o laboratório [algo assim, não me lembro de todos os detalhes], esse "jogo" poderia fazer o jogador ter uma perspectiva diferente desses acontecimentos que eu e vcs já jogamos N vezes)
Daria também maiores detalhes sobre a Sherryl, como ela está, onde está, com quem e etc (como ela já deve estar adulta, pode ter virado também uma agente do bem, afim destruir a Umbrella e Tricell
Pra finalizar esse post gigantesco, não cito RE4 e RE5 pq o 4 eu nao joguei e o 5 só joguei pra ver o fim, e o que mudaria nele seriam duas coisas simples
* A Sheeva apareceria no jogo como Carlos ou Ada (em RE3 e RE2) ou seja, nada de coop
e ela morreria na cena do avião (perdão se isso for SPOILER pra alguém ainda
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Davi Redfield
avatar

Administrador

Administrador

Título : Insanamente Estranho

Sexo : Masculino
Registrado em : 15/04/2010
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Qua Jul 21, 2010 8:46 pm

Primeiramente, seja bem-vindo ao WU, Dark. Espero que goste do lugar. Very Happy

Você sugeriu coisas bem interessantes. Realmente, mostrar os acontecimentos que antecederam a ida dos S.T.A.R.S. à Floresta de Raccoon seria muito legal.
Gostei muito da parte de mandarem inicialmente policiais comuns, e só depois o S.T.A.R.S..
Ficou bem interessante a sua abordagem sobre a série em geral, acho que suas idéias podem ser muito bem exploradas quando formos avançando na produção dos jogos, devagar e sempre; por enquanto estamos no RE1.

O antes de tudo que você mencionou... Lembro que em versões anteriores desse tópico, teria um modo exclusivo e disponível em todos os títulos, que mostraria os locais do jogo antes dos incidentes, controlando um personagem pertinente que poderia andar livremente pelos locais, chamado "Before the Evil". Mas poderia ser "Before the Biohazard", também, suponho que se adeque melhor ao jogo de forma geral. Que acham?

Outra coisa que de repente seria interessante, é algo que vi no Batman: Arkham Asylum. Nesse jogo, você recolhe arquivos de voz, entrevistas com os pacientes do asilo. Existem files de voz no jogo Resident Evil: The Darkside Chronicles também, e eles são bem interessantes. Acredito que certos files de voz bem construídos/elaborados poderiam ser extremamente informativos. Por exemplo, uma gravação onde Spencer detalha o que fez com a família Trevor, como os atraiu, etc. Resumindo, acho que files de áudio seriam uma grande adição.

Bem, tentei fazer uma compilação de tudo o que foi discutido e proposto para ser adicionado ao nosso RE1, e dividi em tópicos. Segue abaixo:

Citação :
Resident Evil 1 Ultimate: Progresso

"Prólogo"
- Histórico de Spencer pré-incidente da Mansão; vida, motivações, encontro com Marcus e Edward, primeiros experimentos (forma de implantação a ser discutida).

Personagens
- Os mesmos de RE1 (pressuposto, não foi discutido especificamente).

Gameplay
- Câmera dinâmica como em CV.
- Rádio como um item constantemente ativo, não apenas ocasionalmente. Wesker como contato interno (dentro da Mansão), Brad como contato externo (fora da Mansão).
- Live-selections/Escolhas que influenciem ativamente a história do jogo.

Cenários
- Cenário de Chris e Jill, Rebecca e Barry (não especificado).

"Mudanças"
- Spencer mais jovem (50 anos?).
- Aumentar a participação de Wesker no jogo, com mais aparições no decorrer do mesmo.

Finais
- 7, somando-se as live-selections, escolhas, personagens que morrem ou não (detalhes não discutidos).

Créditos
- Depois deles, CG mostrando a conversa entre os sobreviventes e o chefe do RPD, Brian Irons (diálogo a ser elaborado).
- Cobertura de um canal de TV sobre o incidente, totalmente manipulada pela Umbrella, inocentando-a e taxando os sobreviventes da Mansão de insanos/drogados. (essa última parte "insanos/drogados" eu adicionei Very Happy)

Talvez essa pequena compilação facilite a discussão, e a adição de mais coisas e detalhes ao que já foi discutido. Smile

_________________

O olho do observador interfere no objeto observado.

[Twitter]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whiteumbrella.forumeiros.com
DarkMorten
avatar

Membro


Título : Não definido.

Sexo : Masculino
Registrado em : 20/07/2010
Idade : 31

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Qua Jul 21, 2010 10:41 pm

Gostei do seu índice Davi, mas queria aqui adicionar coisas que não foram ao post original.
Pra não fugir eu vou tratar só dos acontecimentos que cercam o primeiro jogo
1 - Na história:
Mostraria em vídeos no jogo a cidade de Racoon antes do incidente, uma visão aérea da região onde fica a floresta de Racoon, onde é sua entrada, o
que tem atrás da mansão (se tem lagos, montanhas ou mais o que), em seguida, mostraria uma pessoa dentro da tal mansão sendo atacada (uma das últimas pra não voltar demais no tempo), aí chegaria aos ouvidos da polícia o acontecido e o RPD iria ao local investigar (aí é que tá um ponto estranho pois, pra polícia ficar sabendo do ataque a alguém da mansão, alguém da mansão teria que ter feito algum contato externo, e com isso, quem o teria feito? tem que ver se tinha alguém lá, o zelador talvez????
ou então partir pra um caminho do tipo que alguém já infectado na mansão pulou o muro e mordeu alguém de fora da mansão, mas nessa hipótese tb tem falhas, pois os serviços na mansão eram super secretos além de que a mansão é na "casa do chapéu", no meio do mato fechado, e não pertinho do portão que fecha supostamente o local, então essa segunda me parece menos plausível, parte difícil essa, acho que nem o Mikami pensou nisso rsrsrs)
Enfim, de alguma forma a polícia seria mandada pro local da floresta, e teria que ser mais explorado essa floresta, pois é um ambiente hostil, que se encaixa na proposta da série e deste primeiro jogo e foi totalmente jogado fora tanto no Original quanto no Remake, a polícia chega pra floresta mas como? de helicóptero? esse é o único caminho possível? tipo, todos da Umbrella só chegavam por ali de helicóptero? o pq dessa minha pergunta, tipo... aquela mansão até pelo seu visual não era usada só para o estudo, me parece (me corrijam caso esteja errado) que a mansão serviu de moradia por um tempo (nem que forçada) para os Trevors, então me parece que a familia poderia derrepente ir e vir e faria isso por uma trilha disponível no meio da floresta, ou um túnel? algo mais escondido, talvez idéia do próprio Trevor...
Cobrindo essas questões, teríamos de alguma forma a polícia perto da região da floresta na mansão (que é gigante e a floresta tb), aliás, o tamanho da mansão e da floresta é causa de boa parte das minhas indagações, pode-se aproveitar mais coisas, como descobrir informações relevantes e que poderiam enriquecer o nosso universo Ultimate... até um "spin-off mostrando mais essa parte da coisa, talvez até controlando alguém do Bravo Team como Kenneth... mas deixe-me parar de me interromper e terminar, os políciais são atacados pelos cães e virariam zumbis também
Como vocês salientaram também, um Spencer mais novo seria até mais lógico, acredito eu que ele poderia muito bem ter os seus 50/60 anos normalmente sem distorcer a idade dos personagens no roteiro original (a não ser que ele também seja alterado genéticamente como o Wesker por exemplo, aí poderiam dar uma desculpa dele ser mais velho mas estar mais conservado), além disso, ele tem que ser mais citado e mais presente na história desde o seu (re)começo, assim como o vírus progenitor e sua origem ainda cercada de questões
Após o incidente com os policiais, eles mandariam numa espécie de caixa preta, um recado ao pessoal da RPD, que sobe ao segundo andar e mostra aos STARS o ocorrido (tudo isso não em files, pô, merecemos uns filminhos pra isso rsrsrs) e os STARS decidem através do Wesker, que é hora de intervir, aí segue-se o que todos já conhecemos
As demais alterações dentro da mansão e até o fim do jogo eu ainda não pensei, então complemento isso uma outra hora, só conectaria mais profundamente e diretamente o final desse RE com o início dos incidentes da mansão
Ah, detalhe importante, eu não explodiria a mansão, eu mudaria um pouco o script para uma desativação, ou uma falha nos dispositivos de detonação para que ela ainda exista para planos futuros

2 - Como jogo:
Aqui irei detalhar como a série poderia ao mesmo tempo na minha opinião voltar a ser o grande jogo que marcou vários jogadores e sem parecer datada com os controles tipo tanque.
Eu colocaria um esquema de movimentação dos bonequinhos iguais ao visto em jogos como Devil May Cry ou Ninja Gaiden, ou seja, o jogador através do direcional analógico define a direção em que o boneco vai, mas se o mesmo corre ou anda é definido pela pressão feita no controle e não apertando um botão
Introduziria o menu em tempo real (RE5) ou seja, nada de pausar no menu pra ir ao banheiro ..rsrs , acredito até que alguém me mostre o contrário, que com a movimentação que eu propús, possa ser usado os famosos cenários pré renderizados, e vou dizer o pq da minha escolha, com cenarios pre renderizados, os consoles teriam poder poupado para outras coisas que ele tem que calcular em tempo real, sendo assim, sobraria mais processamento para coisas como I.A., física, mais inimigos na tela entre outros efeitos e claro, com isso poderiámos ter personagens absurdamente detalhados, apresentando detalhes como roupas com marcas de sangue, arranhões, suór e tal (pode até parecer bobeira, mas num jogo desse faria uma diferença absurda)
Incluiria um fator psicológico no jogo, tipo... pô, por mais treinado que sejam os políciais do STARS a pessoa tem que ficar com o estado alterado por estar em situação extrema e num ambiente altamente hostil, sabem, algo como num momento de pânico, ter a mira prejudicada, ou a visão meio embaçada e ter que usar algum item ou se recuperar num local mais tranquilo até isso passar, tipo, no jogo normal, a Jill por exemplo, encontra a Yawn e tipo, fica de boa com a serpente gigante lá ... eu acho que poderia ser ativado essa barrinha numa hora dessa
Com o controle mais rápido, preciso e dinâmico do jogo, traria também inimigos mais inteligentes e velozes, um botão de esquiva ou contra ataque, mas ele para ser usado teria de ter um timming fora de série (algo como um movimento de contra ataque num jogo como DMC ou NG) algo para não ser usado toda hora e que se o jogador falhar, resultar num ataque "cancel" do inimigo, tirando assim mais life dele, pra bosses eu ainda não avaliei se seria uma boa idéia isso
Faria também, que os ataques frontais de bosses sejam mortais, tipo, a Jill ou o Chris não aguentariam uma mordida da Yawn, então pra não ficar impossível de jogar, o chefe num primeiro momento usaria só ataques secundários, deixando esses movimentos para modos mais hard e momentos de desespero dos chefes
Para não só trazer coisas pra lascar o jogador, traria também algumas coisas pra ajudar como, se vc entrar num corredor e encontrar um zumbi de costas, vc pode decapitá-lo pressionando o botão de contra ataque lá, por outro lado, os zumbis e hunters poderiam agarrar o seu personagem pelas costas para te imobilizar e vir um de frente pra aniquilação, mas nessa situação o botão de contra ataque poderia servir como um ultimo movimento de escape
Ainda não pensei também da viabilidade de se movimentar ao atirar, acho que poderia ser bacana desde que o tiro em movimento diminuísse a chance de acerto servindo mais como algo pra atrasar um inimigo até achar um local mais apropriado pra mirar e tal, do que um modo de jogar dessa forma, pois iria descaracterizar os jogos
Tiraria o medidor de life, ao invés disso, teríamos o personagem e ele ficaria debilitado como nós já estamos acostumados e com ferimentos e sangramentos visíveis, ao usar um spray ou erva, ele volta ao normal, isso ao invés de uma barrinha tosca
Aproveitando isso, na medida que ele for sendo atingido o batimento dispara, ele fica mais nervoso e erra mais os tiros, derrpente até uma tremedeira de pânico seria legal
Por enquanto não pensem em mais detalhes, outra hora volto com mais idéias
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Davi Redfield
avatar

Administrador

Administrador

Título : Insanamente Estranho

Sexo : Masculino
Registrado em : 15/04/2010
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Sex Ago 13, 2010 11:16 am

Cara, excelentes idéias. Comentarei algumas.

Mostrar alguém da Mansão sendo morto logo no início é perfeito! Imaginei o seguinte:

Citação :
Um cientista abre uma porta, olha ao redor com uma expressão de terror no rosto, e começa a correr por um corredor cinzento. Passa em frente a uma porta dupla, que está escrito "sala dos geradores". Isso faz com que saibamos que a localização dele é um laboratório.
De repente, ouve-se um gemido, e o cientista se vira. A câmera se afasta do cientista e mostra uma sombra na parede, a sombra de uma pessoa que cambaleia (sem mostrar quem é, apenas a sombra). É feito um close no rosto completamente aterrorizado do cientista, que grita ("Não") e começa a correr na direção oposta. Segundos depois, ele olha pra trás ainda correndo, quando ouve um novo gemido. Olha pra frente e a câmera muda para trás de uma pessoa, de modo a mostrar sua cabeça de costas e o cientista, mais pra frente dela. Cientista esse que tenta voltar por onde tinha vindo, mas a câmera mostra os pés da outra pessoa que estava atrás do cientista em primeiro lugar. Ele está cercado. Mas está de frente para uma porta, e corre para abrí-la. Porém, uma mão ensaguentada bate no vidro da porta. Ele se vira de costas para a porta, então a câmera dá um close em seus dois olhos, que olham desesperadamente de um lado para o outro, enquanto os gemidos ficam cada vez mais altos.
Finalmente, é visto em uma das retinas do cientista uma pessoa se aproximando, e finalmente abrindo a boca, em seguida um jato de sangue espirra para o alto em meio a gritos de agonia do cientista, e a tela fica preta, enquanto os gritos continuam, acompanhados de barulho de carne sendo mutilada.

Na tela surgem os dizeres "Resident Evil".

Agora, quanto ao motivo para a polícia ir investigar a floresta, acho que estranhos assassinatos continuam sendo perfeitos. Cães que escaparam da mansão atacam pessoas que estavam acampando, algumas desaparecem (revivendo como zumbis, e ficando à espreita para matar novas pessoas, assim como os cães) e outras são encontradas mortas, devoradas.

Quanto ao caminho que leva até a Mansão, acredito que tem estradas que cortam a floresta, e que pra chegar até a Mansão seria preciso pegar algum trecho de estrada não-asfaltada.

Agora, uma coisa que eu acharia extremamente interessante seria que a parte onde os policiais comuns são enviados para investigar a floresta fosse jogável. Isso superaria em muito uma CG, e seria muito mais interativo e divertido!

No caso, alguém do RPD estaria acompanhando a investigação deles por rádio, e quando todos morressem (o que seria transmitido para o RPD ao vivo, já que eles teriam sido orientados a permanecer com os canais de seus rádios abertos), Wesker, que possivelmente estaria lá acompanhando a missão por rádio, receberia suas ordens de investigar, e aí ele mandaria a Equipe Bravo, que partiria, em CG.

Depois, poderiam mostrar algo como "x horas depois", e dar ao jogador a escolha entre Chris ou Jill, daí você começaria no apartamente de Jill ou Chris e teria que ir para o RPD, atendendo um chamado urgente de Wesker. Você teria que atualmente dirigir até lá, no gameplay mesmo. E, chegando lá, você poderia explorar a delegacia, falar com personagens (apenas banalidades, alguns diriam que Wesker estava te procurando, etc), e quando finalmente chegasse até a sala do S.T.A.R.S. Wesker informaria que o contato com os Bravos foi perdido, que os Alphas iriam procurar por eles. Aí, começariam os eventos mais ou menos com os de RE1.

Cara, só o detalhe de não explodir a mansão... Traria alguns problemas iniciais. Primeiro que um dos motivos para a história dos S.T.A.R.S. ser desacreditada é que a Mansão tinha explodido, e com ela todas as provas da história deles. Se ela não explodisse, aí iriam investigar, e descobririam que era verdade e a Umbrella não permitiria isso.

O que poderia acontecer de repente é ser enviada uma equipe de investigação depois do retorno do S.T.A.R.S. (jogável ou apenas em CG), e aí sim a mansão explodir, pois nesse meio tempo a Umbrella teria enviado agentes para plantar explosivos nela. Os policiais que foram investigar a mansão morreriam todos na Mansão, e os S.T.A.R.S. seriam acusados por "armar" tais mortes! Laughing

O Spencer, sei lá... De repente ele poderia criar um soro derivado do Progenitor que retardasse consideravelmente seu envelhecimento... Se isso não for viagem demais, hahaha.

Quanto ao controle... Controlar o personagem pelo analógico, com ele andando ou correndo na direção em que você puxa a alavanca de acordo com a pressão seria excelente, mas... Acho que não em jogos com câmeras fixas. Ficaria confuso. Pra esse estilo de controle se encaixar, teria que ser em uma câmera atrás do personagem, a là Dead Aim.
Olha, eu particularmente acho que poderia ficar bom, inclusive se ao mirar a câmera ficasse como a que vemos em RE4/RE5. Mas com a adição de possuir uma câmera de exploração livre, com outra alavanca analógica por exemplo. Isso facilitaria muito mais a exploração, sem falar que você poderia observar o seu personagem detalhado de todos os ângulos.

Danos reais no personagem também seria sensacional! Simplesmente perfeito. Mesmo que em caráter de gameplay apenas, já que no enredo o personagem não seria ferido.

O fator medo. Acredito que a influência dele no gameplay seria extremamente realista e bem-vinda.
Pensei agora o seguinte: ele poderia ser uma característica constante do jogo. Vamos pegar o início do jogo por exemplo. Ao ver o primeiro zumbi, o personagem fica apavorado, o que reflete na visão ficar embaçada e/ou a mira ficar trêmula. Já no segundo zumbi, o medo seria menor, e assim sucessivamente, até uma dessensibilização natural do personagem no decorrer do jogo.
Porém, existiria um nível de medo individual para cada inimigo do jogo! Exatamente. Você ter matado dez zumbis, não te impediria de se borrar de medo quando visse um Hunter!

Andar e atirar é uma questão polêmica... Adianta inserir diversos realismos no jogo, mas não permitir algo tão elementar? Não sei ainda...

A forma de "medir a vida" do personagem que você sugeriu acho perfeita. Ainda diria que dependendo do ferimento, o personagem sangraria visivelmente, com seu sangue caindo no chão e tudo mais, e iria morrendo lentamente (inclusive ficando pálido), caso não fosse curado pelo efeito de uma erva ou spray.

Acho que já escrevi demais, hahaha. Aguardarei as idéias de vocês. Smile

_________________

O olho do observador interfere no objeto observado.

[Twitter]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whiteumbrella.forumeiros.com
Paulo Scarface
avatar

Membro Veterano


Sexo : Masculino
Registrado em : 30/08/2010
Idade : 26
Localização : Campinas-SP

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Sex Set 03, 2010 1:00 am

Nossa pessoal vocês tem ideias realmente incríveis, compartilho com vocês algumas que eu tenho:
Eu concordo com o fato de os policiais da R.P.D. terem ido investigar o local, desaparecendo, pois seria mais real do que mandar direto o esquadrão de elite local.
Porém, ao invés de começar a jogar la na mansão, acho que seria conveniente começar na R.P.D., como por exemplo, numa suposta sala d treinamento, onde o jogador passaria por uma série de tutoriais, após isso, teria que andar até o almoxarifado onde ficam o armamento da R.P.D. e teria que ir até o Heliporto, tudo isso em "
gameplay, nada de CGs.
Uma outra coisa, que seria mais difícil, mas que faz sentido, pois, por exemplo, quando algum personagem não importante, tipo o Marvin Branagh foi mordido, logo após um período ele se transforma, mas, assim como os personagens, ele não poderia ter utilizado uma herva ou um spray?
Acho que seria legal ai o fato de o personagem não poder levar mordidas de jeito nenhum, pois assim se contaminaria e em breve se tornaria um defunto ambulante.
E também de correr apenas por um tempo limitado, afinal por mais atleta que a pessoa seja, uma hora tem que parar para tomar fôlego.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Davi Redfield
avatar

Administrador

Administrador

Título : Insanamente Estranho

Sexo : Masculino
Registrado em : 15/04/2010
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Sex Out 08, 2010 5:20 pm

Paulo Scarface escreveu:

Uma outra coisa, que seria mais difícil, mas que faz sentido, pois, por exemplo, quando algum personagem não importante, tipo o Marvin Branagh foi mordido, logo após um período ele se transforma, mas, assim como os personagens, ele não poderia ter utilizado uma herva ou um spray?
Acho que seria legal ai o fato de o personagem não poder levar mordidas de jeito nenhum, pois assim se contaminaria e em breve se tornaria um defunto ambulante.
E também de correr apenas por um tempo limitado, afinal por mais atleta que a pessoa seja, uma hora tem que parar para tomar fôlego.
Os personagens não usam ervas e spray na história, isso é um mecanismo do gameplay. Os ferimentos que contam, são aqueles em CG e animações, os de gameplay não. O caso de Marvin não foi um ferimento apenas de gameplay, e por isso ele não pôde utilizar uma erva ou spray para se curar.

Isso do personagem não poder ser ferido, caso contrário ficaria infectado, acho que dificultaria muito o jogo... Afinal, é muito difícil terminar um jogo sem ser ferido nenhuma vez...

A parte de correr por tempo limitado seria interessante, mesmo. Adicionaria um realismo legal, e também mais estratégia na hora de fugir dos inimigos, andar pelos cenários, etc.

_________________

O olho do observador interfere no objeto observado.

[Twitter]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whiteumbrella.forumeiros.com
Lucas A - Dark Giygas
avatar

Membro


Título : Não definido.

Sexo : Masculino
Registrado em : 12/10/2010
Idade : 22
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Qua Out 13, 2010 12:30 am

Sempre imaginei um RE em que o medidor de life não fosse um medidor de batimentos apenas visualmente, mas que realmente mostrasse o estado do personagem, e que isso alterasse na jogabilidade.
Gostaria também de um maior realismo no quesito de ferimentos ao personagem, e que os personagens fossem REALMENTE afetados por ferimentos em diferentes partes no corpo, como na perna, no braço, etc...

PS: Primeiro post no fórum, UHUL! xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Volsung
avatar

Administrador

Administrador

Título : Cearense FDP

Sexo : Masculino
Registrado em : 16/04/2010
Idade : 27
Localização : Fortaleza - CE

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Qua Out 13, 2010 3:29 am

Seu post foi de fato muito pertinente, Lucas. No que tange a RE, os ferimentos dos personagens nunca foram trabalhados minunciosamente como em Metal Gear Solid 3, por exemplo.

Seria interessante se, com o fim do primeiro jogo, o segundo e o terceiro fossem mesclados com os cenários e os eventos de Outbreak. A câmera devia seguir a lógica de RE4, mas com as já citadas adições e restrições. No caso de policiais treinados, a mira poderia ser menos oscilante, enquanto que na mão de um civil, a arma não pararia de tremer na mão do atirador!

Com relação à mira laser, este deveria ser um artigo de luxo no jogo. O jogador deveria confiar na própria pontaria e rezar pra que a mão do personagem não trema demais.

Este jogo cobrindo Raccoon City seria gigantesco.Cada jogador teria a opção de escolher a crônica de determinado personagem. Nesse rol vão personagens desde os oito de Outbreak, passando pelo policial novato e a motoqueira até chegar em todos os outros sobreviventes do S.T.A.R.S.

Sem mais ideias no momento, airiariairai
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
E-Lion
avatar

Membro


Título : Não definido.

Sexo : Masculino
Registrado em : 27/07/2010
Idade : 26
Localização : Curitiba - PR

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Qua Out 13, 2010 9:56 am

Acho que deveria colocar a typewriter como save ao invés do Resident Evil 5.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Davi Redfield
avatar

Administrador

Administrador

Título : Insanamente Estranho

Sexo : Masculino
Registrado em : 15/04/2010
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Qua Out 13, 2010 10:38 am

Claro, a velha e clássica máquina de escrever não poderia ficar de fora! Very Happy

Lucas A - Dark Giygas escreveu:
Sempre imaginei um RE em que o medidor de life não fosse um medidor de batimentos apenas visualmente, mas que realmente mostrasse o estado do personagem, e que isso alterasse na jogabilidade.
Gostaria também de um maior realismo no quesito de ferimentos ao personagem, e que os personagens fossem REALMENTE afetados por ferimentos em diferentes partes no corpo, como na perna, no braço, etc...

PS: Primeiro post no fórum, UHUL! xD

Realmente.
Não seria nem algo muito difícil de fazer. Os inimigos do jogo geralmente atacam em pontos específicos do personagem, e isso poderia ser usado pra mostrar os ferimentos nesses locais.

PS: Bem-vindo, Lucas. Very Happy

Como essa imagem:

Zumbis geralmente atacam a jugular do personagem. Cerberus podem atacar braços e pernas, enquanto Hunters, além de seu ataque
decaptador, podem cortar o estômago do personagem, além de braços e pernas, dependendo do ângulo de ataque e do angulo do personagem.

Pensei em um sistema de ferimentos/cura "sugado" de MGS, muito parecido com o de MGS3. Algo assim:


Jill, ferida no pescoço por um zumbi, no braço por um cerberu e na perna por um Hunter. Para se curar, seria necessário a erva
(para curar infecção, não-canon), agulha e linha para sutura do corte, e faixa para proteção do ferimento.

Nessa caso, no final do jogo, seria interessante que daria pra saber se o jogador apanhou muito no decorrer do jogo, ou se ele não foi ferido, foi pouco ferido (mas as faixas poderiam ser retiradas depois de um tempo - a ser determinado).

Uma coisa que pensei, é que o personagem poderia sangrar, enquanto ferido e sem os ferimentos tratados... E isso poderia atrair um Hunter! Twisted Evil

Volsung escreveu:

Seria interessante se, com o fim do primeiro jogo, o segundo e o terceiro fossem mesclados com os cenários e os eventos de Outbreak. A câmera devia seguir a lógica de RE4, mas com as já citadas adições e restrições. No caso de policiais treinados, a mira poderia ser menos oscilante, enquanto que na mão de um civil, a arma não pararia de tremer na mão do atirador!

Com relação à mira laser, este deveria ser um artigo de luxo no jogo. O jogador deveria confiar na própria pontaria e rezar pra que a mão do personagem não trema demais.

Este jogo cobrindo Raccoon City seria gigantesco.Cada jogador teria a opção de escolher a crônica de determinado personagem. Nesse rol vão personagens desde os oito de Outbreak, passando pelo policial novato e a motoqueira até chegar em todos os outros sobreviventes do S.T.A.R.S.

Realmente. Isso faria de Resident Evil 2 um jogo enorme, cheio de detalhes: a versão suprema do fim de Raccoon. Idéia simplesmente perfeita. cheers

-------------------

Não sei vocês, mas estou realmente empolgado com o progresso desse tópico. What a Face

_________________

O olho do observador interfere no objeto observado.

[Twitter]


Última edição por Davi Redfield em Qua Out 13, 2010 12:03 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://whiteumbrella.forumeiros.com
E-Lion
avatar

Membro


Título : Não definido.

Sexo : Masculino
Registrado em : 27/07/2010
Idade : 26
Localização : Curitiba - PR

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Qua Out 13, 2010 11:53 am

O jogo também deveria interagir mais com a cidade e os objetos que nem no Fallout 3.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eXtreme
avatar

Membro


Registrado em : 12/09/2010

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Qua Out 13, 2010 7:27 pm

bem, seria interessante um RE a partir do 0, com a jogabilidade de RE 4/5, mas com o ambiente e dificuldade dos RE antigos ( 1/2/3 e Code:Veronica ), pois, apesar de achar a jogabilidade de RE 4/5 excelente, ficou bem estilo tiroteio, não tem enigmas dificeis como nos anteriores, ou dificil como Outbreak ( alguem acha algum outro RE + dificil do q os outbreaks #1 e #2? ) eu me lembro na aborrescencia eu quebrava a cabeça tentando achar as chaves em RE 2, minha irmã com 14 anos zerou RE 4 no normal com uma certa tranquilidade...

Mas voltando ao tópico: pra mim tem q ter Jogabilidade de RE 4/5 e dificuldade de RE 0/1/2/3/Code: Veronica, ou até dificil como Outbreak #1 / #2...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Volsung
avatar

Administrador

Administrador

Título : Cearense FDP

Sexo : Masculino
Registrado em : 16/04/2010
Idade : 27
Localização : Fortaleza - CE

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Qui Out 14, 2010 4:03 pm

O grande problema é definir o que faz Outbreak ser mais difícil. Que características tornam este jogo único.

Podemos enumerar algumas, como:


  1. Número de espaços no inventário mais limitado.
  2. Taxa de infecção crescente.
  3. Vários eventos adicionais em proporção com as diferentes dificuldades.

Tem também as características que tornam o jogo único:


  1. O relativamente grande número de personagens com características e habilidades únicas.
  2. Interatividade entre personagens que torna o universo do jogo mais rico.
  3. Possibilidade de se jogar online.

Mencionando os traços dessa ramificação que precisam de melhoras:


  1. A Inteligência artificial dos personagens é sofrível.
  2. Existe uma série de comandos que simplesmente deixaram de ser colocados no jogo. Coisas simples como "apanhe aquele item" ou "ajude o parceiro 1".
  3. As histórias individuais de cada personagens são muito pouco trabalhadas no decorrer do jogo, assim como o sistema de cenários deixa a linearidade dos enredos individuais fragmentada.

Por enquanto é só. Se lembrarem de alguma coisa que eu tenha esquecido de mencionar, por favor avisem, cavalheiros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paulo Scarface
avatar

Membro Veterano


Sexo : Masculino
Registrado em : 30/08/2010
Idade : 26
Localização : Campinas-SP

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Qui Out 14, 2010 6:58 pm

Só uma coisa, nem sei se realmente conta mas enfim...
Para o fator online ser bom, os Servidores Dedicados não podem deixar os players na mão, pois foi exatamente o que ocorreu, depois de algum tempo desativaram os servidores do Outbreak, primeiro foi o File #2, depois o 1.
Acho que um game com fator online deve ser produzido com seriedade visando uma plataforma que atenda as exigências do mesmo.
Como na época do PlayStation 2, achei um tiro no pé essa de jogar online, sério gente, eu nunca, mas nunca conheci alguém que se quer tivesse jogado online em um PlayStation 2, julgo que uns 80% dos que o possuem não tem jogos originais, portanto não teeriam como jogar online, e ainda por cima, era um pé no saco para montar ai o "kit" para jogar online nele, pois nem um cabo de rede com conector RJ-45 lhe servia, muito menos um RJ-11.
Porém nos dias atuais, acho que daria mais certo essa de jogar online, julgo que a série Outbreak foi prematuro, pois se tivesse vindo agora, seria muito melhor, em todos os aspectos.
E deve ser multiplataforma, como vem sendo ultimamente, ainda mais por ser online, no PC seria mais utilizado essa função.

Muitos falando da jogabilidade da série, acho que não iriam mais voltar às antigas, porém poderiam implementar o sistema do Dead Rising 2, ou mesmo os ãngulos cinematográficos de Silent Hill.
Com as engines atuais, os mesmos zumbis do passado seriam facilmente derrotados, eu colocaria ai um fator que aumentasse o número de inimigos numa mesma tela, corredores mais apertados, e morte do inimigo somente, somente quando atingir a cabeça, nada de epgar uma calibre doze e atirar no peito que já era, não importa a arma (exeto as explosivas), atirou no peito ou em qualquer região que não seja na cabeça. será munição desperdiçada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
eXtreme
avatar

Membro


Registrado em : 12/09/2010

MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   Sex Out 15, 2010 1:17 am

Bem volsung tocou em um ponto importante, mas eu acho q n seria possivel a 4-6 anos atrás vc conseguir tantos comandos assim com um controle de PS2, e eu ainda acho q jogo multiplayer é bom msm no pc, vc poderia aumentar a dificuldade significativamente, mas vc usando um TS/Vent pra se comunicar realmente seria MTO superior, e a taxa de infecção poderia ser trabalhada como um virus, e que os personagens principais teria uma certa resistência ao mesmo, podendo algum anti-viral ( não qualquer um obviamente, um específico ) ou algum coquetel reduzir a velocidade de contaminação, e sobre os zumbis seria aumentar a velocidade de locomoção e a quantidade ( como paulo disse ) e podendo tambem fazer tipos diferentes de um mesmo monstro, Exemplo: um zumbi q consegue detectar um não-contaminado de bem longe, outro só de perto... pq disso? pq na hr do 'fight' vc vai ver zumbi avançando, e outros não, e, pela lei de murphy, vc VAI ATIRAR nesse tipo de zumbi q só detecta de bem perto, ai imagine só vc errando um tiro de magnum, q deliça! e nada de armamento insano do tipo Lança-míssil ou lança-granadas, n rola man, é mais fácil vc achar uma sub-metralhadora com munição de borracha do q um lança-granadas, ainda + no nivel de uma cidade igual a Raccoon City. e fatores climáticos seriam interessantes também, chuva diminuir velocidade de locomoção, vento atrapalhar os movimentos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado



MensagemAssunto: Re: Resident Evil Ultimate   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Resident Evil Ultimate

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

 Tópicos similares

+
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
White Umbrella - Índice :: Fóruns ::  :: Resident Evil-
Ir para: